posto-santa-lucia-novo-2017

Médico pediatra Luis Gonzaga Gerlin: “a vacina mostra que tem muito mais sucesso do que problemas” – Divulgação

Nessa semana o Ministério da Saúde autorizou a vacinação com o imunizante da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos de idade.

Muitos pais têm dúvidas sobre imunizar ou não os pequenos por causa de eventuais reações adversas.

O médico pediatra e presidente do Conselho de Administração da Santa Casa de Bariri, Luis Gonzaga Gerlin, afirma que sempre é a favor da vacina.

“A vida é cercada de perigos e a Covid-19 está entre eles”, diz. “A vacina mostra que tem muito mais sucesso do que problemas.”

A liberação de uma vacina, mesmo que emergencial, passa por uma série de testes e estudos profundos.

Segundo Gonzaga, é preciso que as pessoas tenham confiança na indicação das instâncias superiores, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS). “Temos de seguir o que é determinado pelas autoridades em saúde”, finaliza.

O governo estadual anunciou nessa semana que a capacidade de imunização em São Paulo permite que todas as 4,3 milhões de crianças com idade entre 5 e 11 anos tomem pelo menos uma dose em, no máximo, três semanas.