Slider

Funcionária participa de treinamento de higiene das mãos com álcool em gel com enfermeira da SCIH Ana Paula Fernandes (à direita) – Divulgação

Manter as mãos limpas é uma maneira bastante eficaz de evitar o contágio de doenças, inclusive do novo coronavírus (Covid-19). No mês de maio, o Hospital Amaral Carvalho (HAC) promove pelo segundo ano a campanha “Juntos pela Higiene das Mãos”, para reforçar o hábito. A ação comemora o Dia Mundial da Higiene das Mãos, celebrado em 5 de maio.

Orientações sobre a higienização correta das mãos já são dadas na unidade, mas, devido à data e o avanço da pandemia no Brasil, equipes do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Segurança do Trabalho e do Núcleo de Educação Continuada (NEC) fizeram treinamento nas enfermarias e recepções.

“Ressaltamos que a medida é simples, mas é a principal forma de prevenir infecções”, comenta a enfermeira do SCIH Ana Paula Fernandes.

As orientações foram dadas para pacientes, acompanhantes e funcionários do HAC. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a higiene adequada dos funcionários contribui também para segurança do paciente.

A ação deve ser realizada antes e depois de trocar pacientes, antes da realização de procedimentos, após o risco de exposição a fluidos corporais ou excreções e depois de tocar superfícies próximas ao paciente.

 

Infecção

 

Vírus e bactérias usam gotículas expelidas pelo doente por tosse ou espirros como “transporte” e podem permanecer ativos em superfícies como telefones, maçanetas, teclas de computadores, botões de elevadores, apoios de transporte públicos entre outros objetos de uso compartilhado por longos períodos.

“Se eu tocar esses itens contaminados e levar a mão até a boca ou outras mucosas como olhos e nariz, posso ser infectado. Por isso é tão importante a lavagem constante e correta das mãos”, acrescenta.

A descontaminação das mãos pode ser feita com água e sabão ou com uso de solução alcoólica (álcool líquido 70% e álcool em gel).