Slider

Pesquisadores, pequenas empresas e startups terão R$ 30 milhões para projetos voltados ao desenvolvimento de testes diagnósticos, terapias e procedimentos terapêuticos, ventiladores pulmonares, equipamentos de proteção – (Foto: TPHeinz/Pixabay)

O governo de São Paulo, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), destinará R$ 30 milhões para pesquisas relacionadas ao combate do coronavírus, e estimular pequenas empresas a desenvolver em projetos tecnológicos que resultem em produtos e serviços voltados ao diagnóstico e tratamento dos doentes.

O recurso será destinado a projetos de pesquisa sobre testes diagnósticos, terapias e procedimentos terapêuticos, ventiladores pulmonares, equipamentos de proteção aos profissionais da saúde, soluções de tecnologias digitais e inteligência artificial para os serviços de saúde entre outros desafios que cercam a Covid-19, apresentados por pesquisadores e por pequenas empresas inovadoras de São Paulo

Na primeira chamada, serão disponibilizados R$ 10 milhões para reforçar projetos de pesquisa já em andamento e que serão selecionados pela Fapesp, para a compreensão, redução de risco, gestão e prevenção do coronavírus.

A expectativa é mobilizar pesquisadores do Estado de São Paulo no desenvolvimento de testes diagnósticos, terapias e procedimentos terapêuticos, nos estudos sobre aspectos críticos da infecção viral, na pesquisa em procedimentos clínicos, na identificação e avaliação das respostas imunes, nas investigações epidemiológicas e na pesquisa sobre a contenção e minimização de comportamentos contraproducentes para a epidemia, entre outros desafios que cercam a Covid-19.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Fapesp