Slider

É importante abrir portas e janelas quando o veículo passar pela rua, assim as gotículas do inseticida chegam até ao interior da residência

Com a chegada do verão, acelera-se o ciclo reprodutivo e de desenvolvimento dos dois mosquitos mais urbanos do mundo: o Aedes aegypti, o já conhecido vetor da dengue, e o Culex quinquefaciatus, o pernilongo doméstico.
A partir do dia 27 de janeiro, a Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Bariri, realiza termonebulização (fumacê) para combater a proliferação de mosquitos.
Diferentemente dos insetos do gênero Aedes, os culex costumam colocar seus ovos em águas sujas com baixo ou nulo teor de oxigênio e alta concentração de matéria orgânica. Por conta disso, rios poluídos são criadouros amplos e com condições perfeitas.
A termonebulização utiliza de produtos para dedetização como o inseticida em forma de neblina. Dessa forma são atingidos desde os insetos em si como seus ovos e comunidades, permitindo que o extermínio seja realizado com maior precisão e agilidade.
Segundo a equipe epidemiológica, é importante abrir portas e janelas quando o veículo passar pela rua, assim as gotículas do inseticida chegam até ao interior da residência, onde normalmente o mosquito se abriga.
É importante cobrir gaiolas de pássaros, caixa de abelhas e manter as crianças longe do veículo de fumacê estiver realizando o trabalho.
Em caso de chuva, a aplicação será suspensa e o cronograma será reajustado, pois torna impossível a aspersão do inseticida no ar.

Dengue

O Setor de Vigilância Epidemiológica alerta a população sobre os cuidados para combater o mosquito da dengue. Nessa época do ano é importante ter cuidado redobrado para eliminar todo e qualquer local que possa acumular água limpa e parada que vá favorecer o desenvolvimento do Aedes Aegypti.
Fique atento aos vasinhos de plantas, ralos, pneus, calhas, garrafas vazias, caixa d´água e qualquer outro recipiente que possa acumular água e faça sempre uso de repelente.

Fonte: Site da Prefeitura de Bariri