posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Para Aimee, o programa Mais Médico é importante porque prioriza a atenção básica à comunidade e os fatores de risco à saúde da população – Divulgação

No mês de setembro os usuários da rede municipal de Saúde passam a contar com atendimento de duas novas médicas: a cubana Aimee Martinez Batista, 33 anos, e a baririense Bruna Tessaroli Vaccarelli, 29 anos. Ambas vão atuar na área de clínica geral.

Aimee chegou ao Brasil em 2017 para integrar o Programa Mais Médicos, acompanhada do marido, o engenheiro mecânico, Francisco Fontanal Daquin. A médica passou a atender na cidade de Presidente Alves, no interior paulista, também na rede básica.

Depois de um ano e quatro meses, o governo federal suspendeu o programa mantido em parceria com Cuba e a maioria dos profissionais da saúde teve que retornar ao país de origem.

Aimee e Francisco decidiram ficar no Brasil e foram residir em Reginópolis, onde ele trabalhava.

Em fevereiro de 2020, novo edital do governo reeditou o convênio de atenção básica de saúde e Aimee teve a oportunidade de voltar ao Programa Mais Médicos. Entre as vagas existentes, escolheu atuar em Bariri. É o quinto profissional de saúde a atuar no Mais Médicos em Bariri.

Desde quinta-feira, 3, ela presta jornada no Posto de Saúde da Família José Bueno da Silva (PSF 1), no Bairro do Livramento. Sua clientela inclui diferentes faixas etárias, de bebês a idosos.

Aimee formou-se em Clínica Geral pelo Instituto Superior de Ciências Médicas de Santiago de Cuba, cidade onde nasceu. Por mais de dez anos estudou Enfermagem, Medicina e especialização em Saúde da Família.

Diz que o programa Mais Médico é importante porque prioriza a atenção básica à comunidade e os fatores de risco à saúde da população, em especial a mais carente. “A meta é promover a saúde, prevenir doenças e tratar e reabilitar o paciente com técnicas básicas de cura”, destaca.

Afirma que sua experiência comprova que a maioria dos usuários do programa advém de camadas carentes da população e que, além de atendimento médico, buscam carinho e atenção.

Bruna acredita que pelo fato de ter passado a infância e adolescência na cidade, há um vínculo emocional que fortalece sua atuação nessa nova empreitada – Divulgação

 

Unifran

 

Bruna Tessaroli Vaccarelli nasceu na Santa Casa de Jaú e é filha do casal de baririenses, Edson e Marli Rosangela Tessaroli Vaccarelli. Em 2018, formou-se em Medicina pela Universidade de Franca (Unifran). Afirma que ainda pretende especializar-se em pneumologia.

Quando terminou a graduação começou a atuar no Pronto Socorro da Santa Casa de Bariri como plantonista.

Posterior à sua formação, também teve contato profissional com três Unidades Básicas de Saúde (UBS). Na cidade de Dois Córregos, esteve até outubro do ano passado. Em Itapuí, também em UBS, trabalhou até maio deste ano. A terceira experiência foi em Bauru, onde cumpriu plantão de base no Hospital São Francisco.

Em Bariri, vai atuar em três locais: na Unidade Básica de Saúde Aristides Alves Pereira (Soma 2); na Unidade Básica de Saúde da Nova Bariri; e no ambulatório da Covid-19, no Centro de Saúde

Bruna diz que em sua atuação a população é prioridade. “Como médica, busco atender a todos com muito comprometimento, profissionalismo, ética e, acima de tudo, com respeito”, ressalta.

Conta que está feliz pela oportunidade de agora atuar na atenção básica, pois há um contato ainda maior com os pacientes. “As expectativas são altas porque já trabalho no Pronto Socorro de Bariri há um ano e meio e sou realizada por toda a experiência acumulada”, comenta.

Acredita que pelo fato de ter passado a infância e adolescência na cidade, há um vínculo emocional que fortalece sua atuação nessa nova empreitada.

Afirma que tem afeição especial pela equipe da Santa Casa de Bariri, que lhe dispensou carinho diário.  Destaca, ainda, que está sendo muito bem acolhida pelas novas equipes de trabalho.

Para finalizar, agradece à Diretoria de Saúde e ao prefeito Neto Leoni “pela oportunidade e confiança”.