Slider

A informação foi dada na manhã de ontem, dia 27, pelo interventor da Santa Casa de Bariri, Marco Antonio Gallo – Caio Glauco

Um morador de Bariri de 37 anos testou positivo para coronavírus (Covid-19). A informação foi dada na manhã de ontem, dia 27, pelo interventor da Santa Casa de Bariri, Marco Antonio Gallo. O médico integra o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19.

Ele foi internado na Santa Casa de Bariri no domingo, dia 22. Por ter diabetes e ter piora no quadro de saúde, o homem foi transferido para a Santa Casa de Jaú e atualmente encontra-se no Hospital Estadual de Bauru.

De acordo com Gallo, a transmissão do coronavírus no homem ocorreu pelo contato com o irmão que esteve na Inglaterra. Desde o pedido do exame, os familiares foram orientados e permanecer em quarentena.

É possível que tenha de ser colhido novamente o material do homem para exame. Isso porque o governo estadual não aceita exames particulares, somente os feitos pela rede credenciada do Sistema Único de Saúde (SUS). A referência na região é o Instituto Adolfo Lutz.

 

Espera por 8 exames

 

De acordo com informações da Santa Casa de Bariri, com exceção do caso positivo, até o momento oito exames aguardam resultado para o novo coronavírus (Covid-19) em relação a pessoas que residem no município.

Um laboratório da cidade colheu material de 12 pessoas; os procedimentos são particulares. Desse montante, seis tiveram resultado negativo para o Covid-19 e seis aguardam o resultado.

Além disso, a Santa Casa fez a coleta de material de cinco pessoas, sendo que para três pessoas o resultado foi negativo para a doença. O hospital aguarda o resultado do exame de uma pessoa. Trata-se de um homem de 79 anos internado em Bariri.

Há ainda o exame que foi colhido pela Santa Casa de Jaú de homem de 79 anos. Ele morreu no domingo, dia 22, em decorrência de problema respiratório grave de base (fibrose pulmonar). O resultado ainda não chegou. Entre quarta-feira, dia 25, e ontem, dia 27, não houve internações suspeitas em Bariri.

Conforme o protocolo do Ministério da Saúde, os laboratórios têm a obrigação de comunicar as autoridades em saúde dos municípios sobre o resultado dos exames.

Caso o exame tenha sido feito em outro município, o laboratório entra em contato com a Vigilância Epidemiológica do local onde a pessoa mora.

 

Primeiro caso na região

 

Botucatu teve seu primeiro caso de coronavírus confirmado de forma oficial no fim da noite de anteontem, dia 26, pelo Hospital das Clínicas e prefeitura de Botucatu em boletim extraordinário.

Trata-se do primeiro caso confirmado da doença na região de Bauru. A paciente é uma mulher, de 63 anos, de Botucatu. Ela esteve recentemente na cidade de São Paulo, epicentro do coronavírus no País.

Ela está internada no Hospital das Clínicas e seu exame foi divulgado como positivo em um teste desenvolvido pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Unesp.

Segundo informações passadas pelos órgãos oficiais, a paciente está internada na UTI em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos. O quadro evoluiu de forma rápida anteontem até ser confirmado por teste do próprio Hospital.

Esse novo modelo de teste do Hospital das Clínicas espera certificação do Instituto Adolfo Lutz e deve ser validado em breve. Assim que isso ocorrer, espera-se mais agilidade na divulgação dos casos em Botucatu.

 

Fonte: 94 FM