Composição 1_1
Composição 1_1

No final de semana que passou, imóveis do Jardim Industrial I e II receberam o mutirão de nebulização no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e chikungunya.

De acordo com a diretora de Saúde, Irene Chagas do Nascimento Rangel, a ação já percorreu ainda os Jardins Santa Rosa, Santa Clara e Brasil 500 e o Núcleo Habitacional Domingos Aquilante.

A ação é feita com nebulizador manual costal. Ele tem um motor que impulsiona o vapor/névoa para dentro das residências e em seus arredores, com inseticida, gerada pelo aparelho.

Como essa nebulização tem aplicação direta, direcionada a pontos como ralos e vasos com plantas, é essencial a colaboração dos moradores para a eficácia do trabalho.

A população deve observar situações de risco dentro das residências e no entorno, além de abrir as portas de suas casas para as equipes de Saúde que estão percorrendo os bairros da cidade.

Segundo Irene, o critério para nebulização é ter um caso positivo nesses bairros que recebem a ação. A partir de então é traçado um raio de 200 metros, e todas as residências neste espaço são nebulizadas.

Além da nebulização, outras medidas preventivas estão sendo feitas pela equipe de Saúde como a visita nas casas para realização de bloqueio de controle de criadouros. As agentes de combate a endemias e os agentes comunitários de saúde trabalham durante os finais de semana para bloqueio de controle de criadouro.

Fonte: Assessoria de Comunicação