Slider

Sílvio Alonso, Christiano Nassif, Carlos Moreira, Scila Carretero, Ivan Cassaro e Rodrigo Brandão se reuniram na Santa Casa de Jahu – Divulgação

Em pleno domingo, 14, a direção da Santa Casa de Jahu realizou reunião emergencial com representantes da Prefeitura de Jaú para discutir a nova variante do coronavírus, identificada na cidade.

O encontro ocorreu na sala de reuniões do hospital e contou com a presença de prefeito de Jahu, Ivan Cassaro. Do vice, Tuco Bauab; secretário de Saúd,e Rodrigo de Callis Brandão; gerente administrativa da Santa Casa, Scila Carretero; e os médicos Silvio Alonso (diretor clínico), Carlos Moreira (diretor técnico) e Christiano De Luca Nassif (responsável pelo pronto-socorro).

O encontro foi realizado após o Ivan Cassaro anunciar que amostras de pacientes de Jahu, enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, eram compatíveis com a linhagem P1, variante detectada em Manaus (AM).

Outro assunto abordadoa foi a falta de médicos e profissionais disponíveis para tratar o grande número de casos que chegam diariamente ao hospital. Hoje, 130 pacientes com a doença estão internados nos setores Covid (Enfermaria e UTI).

Hospital e prefeitura também traçaram novas definições para o fluxo de atendimento no pronto-socorro de pacientes com outras patologias. O objetivo é evitar que pessoas com suspeita ou confirmação de Covid estejam no mesmo ambiente que pacientes sem a doença.

De acordo com a gerente, essas mudanças ainda vão ser discutidas entre a Secretaria de Saúde e o médico responsável pelo pronto-socorro nos próximos dias.