Slider

Prefeito eleito de Itaju, Jerri de Souza Neiva: liberação do governo apenas de balancete atualizado e boletim de caixa – Divulgação

O prefeito de Itaju, José Luis Furcin (PR), não atendeu plenamente ao pedido feito pelo administrador eleito, Jerri de Souza Neiva (PSDB), para a transição de governo no município. Ambos são adversários políticos.

O único item que recebeu sinal verde de Furcin foi o deferimento para entrega do balancete atualizado e boletim de caixa.

Quanto a dados sobre gasto com pessoal, relatórios de controle interno, entre outros itens, o prefeito citou que as informações constam na página eletrônica da prefeitura e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Mencionou ainda que a prefeitura não deveria parar o trabalho dos servidores de pastas de áreas como contabilidade e financeiro em período de fechamento de exercício fiscal. Também citou que quando o novo prefeito assumir o cargo “poderá determinar tais medidas aos então seus subordinados”. O jornal apurou que muitos servidores da prefeitura de Itaju saíram de férias recentemente.

Em seu pedido de transição, Jerri relatou que, por causa da pandemia da Covid-19, a transição poderia ser feita inicialmente com a entrega dos documentos solicitados, sem contato físico entre as equipes do governo e da futura gestão.

Caso houvesse necessidade de reuniões presenciais, seriam requeridas e agendadas para o mês de dezembro.

Houve pedido de documentos das áreas de Administração, Finanças, Pessoal, Tesouraria, Educação, Saúde e Assistência Social, como relatórios fiscais, de endividamento, folha de pagamento, situação atual das contas bancárias, servidores afastados e em comissão, certidões negativas de débito, concursos públicos em vigor, entre outros papéis.

“Salienta-se que a responsabilidade pela entrega da documentação é do atual gestor, que responde, inclusive, pela veracidade e regularidade da documentação entregue, sob pena de cometimento de crime de responsabilidade”, citou Jerri no pedido de transição protocolado no dia 20 de novembro.