Slider

Moradores são despertados ao som do hino dos trabalhadores italianos e, depois, a Banda desfila pelas ruas da cidade executando marchas e dobrados – Divulgação

Eventos históricos de Bocaina, alguns com mais de 130 anos de tradição, devem ser suspensos em 2021, devido às restrições impostas pela pandemia de Covi-19. É o segundo ano consecutivo que isso ocorre.
Dia 1º de maio, sábado, Dia do Trabalho, não deve ocorrer a tradicional Alvorada da Banda de Carlos Gomes. Assim, os moradores não serão despertados ao som de Inno Dei Lavoratori, tradicional hino do partido dos trabalhadores italianos, composto na primavera de 1886.
Neste dia, a Banda Musical Carlos Gomes costumava desfilar pelas ruas da cidade, executando marchas e dobrados. Durante o trajeto os músicos são recepcionados e reverenciados pela população.
Em 2020, para substituir a Banda, carro de som reproduziu marchas e dobrados. Este ano, até terça-feira, 27, a prefeitura de Bocaina, no entanto, ainda não havia se posicionado, oficialmente, sobre a realização ou não do evento.
Outra festividade de Bocaina, que deve ser cancelada devido à pandemia de Civid-19, é a programação oficial de aniversário do município, que deveria ocorrer no próximo dia 23 de maio.
E por fim, a tradicional Festa de São João Batista de Bocaina, no mês de junho, e a sua prestigiada Travessia da Fogueira, também deve ser cancelada. Em edições anteriores, a festa chegou a reunir um público de até 10 mil pessoas.

Fonte: Site Bocaina Informa