Slider

Edmundo foi contador da prefeitura, vereador por três legislaturas e autor do requerimento que obteve o endereço fiscal da Usina Hidrelétrica para Boraceia – Divulgação

No final da manhã desta segunda-feira, 22, o servidor público aposentado e ex-vereador de Boraceia, Edmundo de Barros Francischini faleceu aos 78 anos, após permanecer internado por 15 dias, devido a complicações da Covid-19.

Por causa disso, não houve velório e seu corpo foi sepultado na tarde do mesmo dia, no cemitério local. Edmundo era divorciado, com ex-esposa já falecida. Deixa três filhos.

Nasceu em Itapuí, mas teve trajetória profissional ligada à Boraceia. Exerceu o cargo de contador da prefeitura durante muitos anos.

Exerceu o cargo de vereador por três legislaturas (2001 a 2004); (2009 a 2012); e (2013 a 2016). Nas eleições de 2020 recebeu 126 votos para a Câmara Municipal e foi eleito primeiro suplente, sempre pelo PSDB.

Entre suas realizações junto ao Legislativo, merece destaque a luta pela conquista do endereço fiscal para Boraceia da Usina Hidrelétrica Lauro de Souza Lima, que antes pertencia a Bariri. A medida triplicou o valor dos recursos advindos do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Repercussão

O falecimento de Edmundo Franceschini teve grande repercussão na cidade, onde era conhecido e respeitado. O prefeito de Boraceia, Valdir de Souza Mello, o Di Pica-Pau, emitiu nota lamentando a perda. “Não temos palavras para expressar todos os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração de todos nós neste momento de profunda dor”, afirmou