Slider

Prefeito e vice de Boraceia, Dipicapau e Marlete – Foto: Divulgação

A população de Boraceia compareceu as urnas neste domingo, 15, para eleger prefeito e vice-prefeito para o mandato 2021-2024 além de nove vereadores. Dos 3.872 eleitores, 78,62% compareceram as urnas para votar, foram 3.044 votos computados e 828 abstenções.
O candidato eleito somou 2.024 votos, 66,49%. Votos em branco foram 199, uma porcentagem de 5,54%. Já os nulos, atingiram 26,97%, em números, 821. A eleição transcorreu sem nenhum incidente na cidade, nenhuma urna precisou ser substituída.
Durante a comemoração, Di Picapau, agradeceu a população pela votação atingida e se comprometeu a continuar trabalhando muito pelo município. “Marlete e eu temos um compromisso com a cidade, esses mais de 2 mil votos não transferem uma responsabilidade ainda maior, de cuidar da população, buscar saúde, educação, gerar emprego e renda para nosso povo”, afirmou.

LEGISLATIVO

Eleito para seu quarto mandato, o vereador Gabriel Papaléguas (PSDB), entrou para a história como sendo o vereador mais votada dessa eleição. Ele computou 271 votos. Também foram eleitos Ricardinho (PSDB) 250 votos; Fidelis (DEM) 224 votos; João Luiz Piton (PSDB) 189 votos; Prof. Carlinhos (PTB) 185 votos; Carlos Sipioni (DEM) com 170 votos; Valdir Durães (DEM) 133 votos; Daniel Cantarella (PSDB) 129 votos e Márcio Martinello (DEM) 124 votos.
Dos vereadores que disputaram a reeleição, alcançaram o objetivo Gabriel Papaléguas, Marcio Martinello, Valdir Durães e João Luiz Piton. Marlete, atual presidente da Câmara, foi para executivo como vice-prefeita. Gelson dos Santos, Prof. Luizinho e Batata, não participaram do pleito deste ano. José Valter de Freitas atual vereador não foi reeleito.
Dos novos vereadores, Daniel Cantarella, Fidelis e Prof. Carlinhos terão seu primeiro mandato. Já Ricardinho e Carlos Sipioni já exerceram a função de vereador em mandatos anteriores.

Texto: Assessoria