Slider

Angélica Fanti Moço assumiu a diretora municipal de Administração Pública; em seu lugar, na Saúde, está Irene Chagas Inácio Rangel – Divulgação

Alcir Zago

A prefeitura de Bariri terá três mudanças no primeiro escalão. São cargos de diretores, os únicos que ainda permitem a nomeação por livre provimento (comissionados).
O prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB) diz que o diretor municipal de Finanças, Oscar Dias dos Passos Junior, havia comentado no início do governo que permaneceria no cargo por um período.
O motivo é que Passos Junior se especializou na área eleitoral e deverá prestar serviço para candidatos junto escritório de contabilidade instalado no município.
Com a saída iminente do diretor, que deve permanecer na função até o fim de março, Neto Leoni pensou na possibilidade de a diretora municipal de Administração Pública, Gislaine Aline Maranho Rodrigues Capobianco, assumir a pasta de Finanças.
No entanto, Aline não aceitou o convite e pediu exoneração do cargo. O Candeia apurou que a diretora não teria concordado com a proposta porque teria de ficar responsável pelas finanças e também por parte da área administrativa, especialmente licitações.
O que está definido é a ida da diretora municipal de Saúde, Angélica Fanti Moço, para o setor administrativo, no lugar de Aline.
Já o cargo de Angélica passou a ser ocupado pela assistente social Irene Chagas Inácio Rangel. Irene comandou a Saúde no mês passado por causa das férias de Angélica.
Neto Leoni precisa agora encontrar um substituto para Passos Junior. Algumas pessoas teriam sido consultadas, mas não teriam aceitado o cargo.
Além disso, com a exoneração de chefes de setor no início do ano, a área de Finanças permaneceu com poucos servidores.