Slider

Santa Casa de Bariri: avaliação é feita em ação judicial relacionada à Vitale Saúde – Arquivo/Candeia

Por meio de portaria, a prefeitura de Bariri solicitou a três corretores de imóveis de Bariri a avaliação do valor de mercado da Santa Casa. A área total é de 9.108 metros quadrados, onde se encontra prédio com 4.134 metros quadrados.

Os valores apresentados ao Executivo foram os seguintes: R$ 9,4 milhões; R$ 9,9 milhões; e R$ 11,2 milhões.

“Essa avaliação foi por conta de uma defesa que nossos advogados estão fazendo ainda nos processos decorrentes da Vitale Saúde”, explica o prefeito Abelardo Maurício Martins Simões Filho (MDB).

Ele afirma que no momento é cedo para falar em desapropriação, mas entende que esse deverá ser o caminho a ser tomado no futuro.

“Neste momento, com o avanço das fases processuais nos processos da Vitale, que inclusive estão ocasionando muitos bloqueios judiciais, ainda é precoce traçar uma estratégia e um plano de ação para o futuro do imóvel da Santa Casa”, completa o prefeito.

A questão de um possível leilão do prédio do hospital, via judicial, foi aventada por advogados da Santa Casa recentemente numa sessão do Legislativo.

A medida, de alto custo aos cofres públicos, representando cerca de 10% do orçamento anual do município, poderia encerrar as pendências que o hospital possui nas esferas trabalhista e cível.