Slider

O funcionário público municipal Wellington Pollonio Bof (Podemos), o Parraguinha, confirmou ao Candeia que é pré-candidato a prefeito de Bariri nas eleições de outubro deste ano.
Diz que reúne experiência para administrar o município, que, na opinião dele, está em situação complicada administrativa e financeira.
Ele foi vereador na legislatura 2013-2016, diretor administrativo da prefeitura em 2017 e início de 2018 e candidato a prefeito em 2016, ficando em terceiro lugar na disputa. É formado em direito e possui formação na área de gestão pública.
Parraguinha afirma que conta com o apoio de três vereadores: Armando Perazzelli (PV); Francisco Leandro Gonzalez (Cidadania); e Vagner Mateus Ferreira (PSD).
Perguntado sobre eventual composição com outros grupos políticos, disse que não há possibilidade de conversação com o atual prefeito, Francisco Leoni Neto (PSDB).
Concorda em conversar com a vice-prefeita Maria Pia Betti Pio da Silva Nary (PP) e com o pré-candidato pelo MDB, Abelardo Maurício Martins Simões Filho, no entanto, não abre mão de ser o “cabeça” da chapa.
Segundo Parraguinha, nas eleições suplementares de junho de 2018 desistiu de concorrer ao cargo de prefeito para apoiar Airton Pegoraro (MDB). Acredita que nesse momento reúne condições de disputar o cargo de prefeito pela experiência pública que adquiriu e pela vontade de melhorar Bariri.

Outros nomes

Na semana passada Abelardo Simões também confirmou pré-candidatura a prefeito de Bariri. Nesta semana, em entrevista ao Facebook do Candeia, o prefeito Neto Leoni afirmou que não descarta ser candidato à reeleição, mas que é preciso avaliar uma série de fatores para definir a candidatura.