Slider

Reunião ocorreu na manhã desta segunda-feira (12) na SSP – Foto: Divulgação

Políticos de Bariri participaram na manhã desta segunda-feira (12) de reunião na Secretaria de Segurança Pública (SSP), em São Paulo. O objetivo foi discutir a adesão do município ao Detecta e à Atividade Delegada.
Foram recepcionados pelo coronel Alvaro Camilo, secretário-executivo da SSP, o prefeito Abelardo Maurício Martins Simões Filho (MDB), vice-prefeito Fernando Foloni (Cidadania) e vereadores Edcarlos Pereira dos Santos (PSDB) e Luis Renato Proti (MDB). Também esteve no encontro Sérgio Murilo, assessor do deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania-SP).
O Detecta é um sistema de monitoramento inteligente implantado pelo Governo do Estado de São Paulo, composto pelo monitoramento através do uso de câmeras, combinado com o maior banco de dados de informações policiais da América Latina, integrando ao sistema os bancos de dados das polícias Civil e Militar, do Registro Digital de Ocorrências (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da Polícia Militar (SIOPM-190), Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de dados de veículos e de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran.
A Atividade Delegada é um convênio entre Estado e município, que permite aos policiais militares trabalharem em seus dias de folga, fardados, com viaturas e acessórios que utilizam em suas funções diárias, nas áreas de interesse da sociedade.
Dessa forma, seria possível suprir a necessidade de efetivo e a prefeitura arcaria apenas com o ressarcimento da hora trabalhada do policial.