Slider

Porções de maconha e celulares apreendidos pela polícia em três residências de Bariri ma quarta-feira, dia 9 – Divulgação

Operação das polícias Civil e Militar de Bariri na quarta-feira (9) e anteontem (10) resultou na prisão de quatro homens por possível envolvimento com o tráfico de entorpecentes. Na ação também foi apreendida uma adolescente de 15 anos.

Segundo o delegado Durval Izar Neto, havia informações de intenso comércio de drogas na praça em frente do clube Diamante Negro, no Jardim Santa Helena.

Policiais civis e militares compartilharam informações e passaram a investigar o caso. O trabalho apontou que três homens estavam aliciando outras pessoas para a venda de entorpecentes.

O próximo passo foi o pedido de mandados de busca e apreensão junto à 1ª Vara Judicial de Bariri, em casas situadas nas ruas João Pulpa Melo e Tupi (ambas no Jardim Santa Helena) e Antonio José de Carvalho (no centro).

Com a autorização do Judiciário, na quarta-feira (9) foram encontradas nos locais porções de maconha. Os moradores, com idade entre 25 e 30 anos, foram conduzidos à Delegacia de Bariri.

Dois deles já tinham passagem pela polícia. Os três ficaram presos e passaram por audiência de custódia, sendo que a Justiça decidiu pela manutenção da prisão do trio. Eles foram indiciados por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico.

 

Embaixo de galinha

 

Anteontem (10) policiais civis e militares dirigiram-se a dois imóveis situados na Rua Antonio Neif Júnior, no Jardim Iguatemi, para cumprimento de mandados de busca e apreensão.

Numa das casas estava uma adolescente de 15 anos. Os policiais notaram que ela havia escondido algo sobre as vestes e a conduziram à Santa Casa para que fosse feita revista. Com ela havia porções de maconha, crack e cocaína, pinos vazios, dinheiro e balança de precisão.

No outro imóvel foi localizado homem de 36 anos. No quintal os policiais encontraram embaixo de uma galinha que estava chocando um tijolo grande e um menor de maconha, cocaína, crack, balança de precisão e anotações do tráfico.

Ao todo, foram apreendidos nas duas casas aproximadamente 900 gramas de maconha, 158,3 gramas de crack, 149,6 gramas de cocaína, R$ 796, entre outros objetos.

Izar Neto explica que as investigações continuam, inclusive com a perícia que será feita no material apreendido, como celulares.