posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Neto Leoni e Maria Pia: ausência de recurso coloca fim ao caso / Arquivo/Candeia

Chegaram ao fim duas ações de investigação judicial eleitoral (Aijes) por suposta compra de votos envolvendo Francisco Leoni Neto (PSDB) e Maria Pia Betti Pio da Silva Nary (PSDB).

Ajuizadas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e pela coligação A Bariri que o Povo Quer, do então candidato Airton Pegoraro (MDB), elas tramitaram de forma conjunta porque se tratavam do mesmo objeto.

No dia 1º de agosto o juiz eleitoral de Bariri, Maurício Martines Chiado, julgou improcedentes as duas demandas.

Em sua decisão, o magistrado relatou que a gravação feita por um casal alguns dias da eleição suplementar de 3 de junho era de validade duvidosa e que houve prévia preparação realizada pelos denunciantes na gravação do pedido de dinheiro possivelmente para baldeação de eleitores no dia do pleito e para a realização de churrasco.

Diante da decisão da Justiça Eleitoral de Bariri, caberiam recursos pelo MPE ou pela coligação A Bariri que o Povo Quer, no entanto, nenhuma das partes decidiu ajuizar a apelação. O caso transitou em julgado (sem a possibilidade de novos recursos) no dia 21 de agosto.