Slider

Ricardo Prearo

“As redes sociais permitiram que a população pudesse cobrar, acompanhar e se expressar sobre qualquer assunto relacionado às atividades parlamentares e às decisões tomadas pelos vereadores”

Presidente da Câmara para o biênio 2019-2020, Ricardo Prearo (DEM) afirma que as redes sociais modificaram a relação entre o eleitor e os políticos. Como ponto positivo, destaca a maior transparência e a divulgação mais rápida do trabalho dos vereadores. O lado negativo, para Prearo, é a falta de conhecimento mais aprofundado por alguns internautas e a liberdade em demasia que se tem nas redes sociais. Na entrevista concedida ao Candeia, o presidente do Legislativo avalia o atual governo municipal e comenta a respeito do cenário que vislumbra para as eleições municipais do ano que vem, incluindo o DEM, partido que preside na cidade. Prearo iniciou sua carreira política em 2009 como vereador. Foi reeleito nas eleições de 2012 e de 2016. Exerceu a função de presidente da Câmara Municipal para os biênios 2011-2012 e 2019-2020.

Candeia – Qual sua avaliação do ano legislativo de 2019?
Prearo – Foi um ano muito produtivo, em que promovemos boas discussões e aprovamos muitos projetos importantes voltados aos interesses dos cidadãos baririenses. Foram mais de 70 projetos de leis discutidos e votados ao longo de 2019, foram centenas de indicações e requerimentos, audiências públicas, moções, dentre outras proposituras que fizeram, com certeza, da Câmara Municipal de Bariri uma das mais produtivas.

Candeia – O que esperar da Câmara em 2020?
Prearo – As perspectivas são positivas. Com a economia dando sinais de retomada, o Poder Legislativo tem a obrigação, juntamente com o Poder Executivo, de procurar solucionar as questões e necessidades da cidade e, consequentemente, da população.

Candeia – O senhor atua como vereador desde 2009. Que mudanças positivas e negativas observa na Câmara deste período de 10 anos? A maior presença das redes sociais pesou nesse sentido?
Prearo – Uma das maiores mudanças ao longo desses anos foi exatamente o relacionamento do eleitor com os vereadores. As redes sociais permitiram que a população pudesse cobrar, acompanhar e se expressar sobre qualquer assunto relacionado às atividades parlamentares e às decisões tomadas pelos vereadores. A rede social é uma realidade sem volta, e como todo processo inovador e tecnológico tem seus pontos positivos e negativos. Acredito que a maior transparência, a divulgação imediata das informações e dos trabalhos legislativos foram os pontos mais relevantes e positivos. Já a falta de conhecimento mais aprofundado por parte dos internautas sobre determinados assuntos, somado à liberdade exacerbada que se tem nas redes, são os pontos negativos dessa revolução tecnológica.

Candeia – A Câmara Municipal já contabilizou a sobra do duodécimo deste exercício? Quando pretende devolver os valores ao Executivo e irá fazer algum pedido ao prefeito sobre o uso do recurso?
Prearo – A Câmara ainda não finalizou o orçamento do ano, mas a previsão é de devolver algo em torno de R$ 248.000,00. Os valores serão repassados na última semana de dezembro deste ano. Importante salientar que a destinação dos valores devolvidos pela Câmara Municipal é de exclusividade do Poder Executivo. No entanto, em tratativas com o prefeito Neto Leoni, o mesmo acenou positivamente quanto à possibilidade de parte dos recursos ser destinada a algumas entidades de nossa cidade, que necessitam de ajuda financeira.

Candeia – Como integrante da bancada da situação, que avaliação o senhor faz do atual governo municipal?
Prearo – O cenário nacional não é favorável a nenhuma administração pública estadual ou municipal. O Brasil enfrenta grave recessão econômica, desencadeada por uma crise política sem precedentes, e tudo isso dificulta o cotidiano de qualquer administrador público, que vê as receitas diminuírem e as despesas aumentarem. Portanto, não há milagres. O caminho é a contenção de despesas, gastar com o que é prioridade. Faço uma avaliação positiva da atual administração, pois, apesar de tantas adversidades enfrentadas, é nítido o empenho, que resultou em várias conquistas num curto espaço de tempo, apenas 17 meses.

Candeia – O senhor já se manifestou que não sairia mais candidato a vereador. Mantém esse posicionamento? Por quê?
Prearo – A participação na vida política de uma cidade, embora seja apaixonante, é, ao mesmo tempo, muito desgastante. As pessoas de bem precisam se envolver de alguma forma, seja direta ou indiretamente, para que os espaços sejam preenchidos e conduzidos para o bem comum. Hoje tenho alguns objetivos pessoais que inviabilizariam minha permanência na vida pública, mas tudo está sendo sopesado para que eu tome a decisão mais acertada.

Candeia – Que cenário o senhor vislumbra para as eleições municipais de 2020?
Prearo – Uma eleição muito acirrada, com muitos candidatos a prefeito e vereador, e que exigirá muito empenho dos que desejam ter sucesso no pleito do ano que vem.

Candeia – O senhor preside o DEM em Bariri. Para o pleito de 2020 que posicionamento o partido deverá ter em relação ao Executivo e ao Legislativo?
Prearo – O partido está sendo reformulado. Aproveito a oportunidade para fazer o convite à população, que tem o desejo de participar do pleito eleitoral do ano que vem, para se juntar ao partido DEM. Certamente será um partido forte, tanto para as eleições proporcionais (legislativo), como para as eleições majoritárias (Executivo).