Slider

Airton Luis Pegoraro – “O povo viu em Abelardinho esse agente transformador”

 

Eleito para seu segundo mandato como vereador em Bariri, o médico veterinário e funcionário público municipal Airton Luis Pegoraro (MDB) analisa o resultado da votação de 15 de novembro para o Executivo e o cenário que espera encontrar no Legislativo a partir de janeiro de 2021. Ele foi o vereador que recebeu mais votos (792) e irá presidir a sessão legislativa na posse dos eleitos, muito provavelmente em 1º de janeiro. Segundo Pegoraro, a vitória de Abelardo Maurício Martins Simões Filho (MDB) representou uma opção da maioria da população pela mudança. Pegoraro foi vereador pela primeira vez de 2013 a 2016 e candidato a prefeito em 2016 e em 2018 (eleição suplementar), tendo ficado em segundo lugar nas duas ocasiões.

 

Candeia – O senhor foi o mais votado na eleição para vereador, com 792 votos. A que atribui esse desempenho nas urnas?

Pegoraro – Em primeiro lugar, gostaria de aproveitar a oportunidade para agradecer as pessoas que confiaram em mim e me honraram com seu voto. Farei o possível para ser digno dessa confiança. Acredito que vários motivos são levados em conta para uma pessoa escolher um candidato para votar. Laços de amizade, profissional, familiares, atividades que você desenvolveu na vida pública ou privada. Porém, é fundamental empatia e confiança. O eleitor acreditar que você é digno de representá-lo.

 

Candeia – Qual sua expectativa em relação à composição da Câmara para a legislatura 2021-2024? Que mudanças e semelhanças o Legislativo pode ter com o período em que atuou como vereador, de 2013 a 2016?

Pegoraro – Assim como no período em que fui eleito vereador pela primeira vez, nosso grupo conseguiu eleger o prefeito, na época o Gonzaga e hoje o Abelardinho. Porém, não conseguimos fazer a maioria dos vereadores. A diferença que eu vejo é que anteriormente eram apenas dois grupos, um de situação e outro de oposição, agora a câmara será composta com vereadores do antigo grupo de situação e três que se apresentaram como renovação, um dos quais o nosso. Teoricamente os três com propostas semelhantes e, portanto, objetivos em comum. Espero que isso se concretize na prática. Acredito que o município só teria a ganhar.

 

Candeia – Como estão as movimentações para a eleição da Mesa Diretora no dia 1º de janeiro?

Pegoraro – Existem vários pretendentes. Acredito que hoje vários candidatos estão tentando formar uma chapa e conseguir o apoio da maioria dos nove vereadores eleitos.

 

Candeia – Que trabalho o senhor pretende priorizar no Legislativo?

Pegoraro – Além das funções principais de fiscalizar e legislar, ser o porta-voz do povo na administração municipal e, através de indicações e projetos, contribuir para o desenvolvimento de nossa cidade ajudando também o prefeito na obtenção de recursos através de emendas parlamentares na esfera estadual e federal.

 

Candeia – Qual sua avaliação sobre o resultado da eleição para prefeito em Bariri no dia 15 de novembro?

Pegoraro – O resultado demonstrou claramente que a população via uma necessidade de mudanças, expressa pela grande votação do Abelardinho, mostrando que o povo viu nele esse agente transformador.

 

Candeia – Sua coligação concorreu ao cargo de prefeito de Bariri em 2016 e 2018, ficando em segundo lugar nas duas vezes. O que houve de diferente desta vez para que o partido se saísse vencedor na disputa para o Executivo?

Pegoraro – Além do mérito do Abelardinho que fez por merecer a votação que teve, a persistência do grupo em se manter firme e apresentar um candidato com chance de vitória. Logicamente outros fatores influíram como a avaliação ruim da atual administração e o desempenho durante a campanha dos outros candidatos. Ganhar ou perder faz parte do jogo, mas só tem chance de vitória quem entra em campo.