Slider

Alunos da escola Idalina Vianna Ferro: queda na nota do 9º ano, mas acima da meta, e aumento da nota do ensino médio – Arquivo

Dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019 divulgados na terça-feira (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação, apontam que a rede municipal de Bariri apresentou melhora das notas.

O Ideb é o principal indicador da qualidade dos sistemas educacionais brasileiro. Ele é calculado com base nas médias da Prova Brasil e fluxos de aprovação, reprovação e abandono extraídos do Censo Escolar.

São contemplados três ciclos de ensino: 5º ano do ensino fundamental; 9º ano do ensino fundamental; e 3º ano do ensino médio.

Em relação ao primeiro grupo, foram avaliadas quatro unidades de Bariri. As escolas Angela Maria Prearo Fortunato, Euclydes Moreira da Silva e Julieta Rago Foloni tiveram evolução das notas em comparação a 2017 e, além disso, atingiram as metas propostas pelo MEC (confira tabela). O Ideb é observado de dois em dois anos, sempre em anos ímpares.

A nota da escola Rosa Benatti não foi contabilizada porque o número de participantes no Saeb foi insuficiente para que os resultados fossem divulgados. No dia da aplicação da prova ocorreram muitas faltas dos alunos.

Quanto ao 9º ano, a rede municipal conta com três colégios. A Modesto Masson teve aumento da nota e atingiu a meta para 2019.

A Joseane Bianco, embora tenha tido no ano passado a melhor nota desde 2009, ficou abaixo da meta proposta pelo MEC.

A escola Eurico Acçolini teve queda no índice em relação a 2017, ficando aquém da meta.

 

Municipalização

 

A diretora municipal de Educação, Ana Fabíola Camargo Fanton Rodrigues, diz que está feliz com os resultados do Ideb de 2019 porque houve evolução e estabilidade da rede.

Segundo ela, “o município sofre para atingir as altas metas projetadas e isso ocorre desde a criação da Prova Brasil em 2005 pelo Ministério da Educação”.

Fabíola explica que na época a rede municipal era composta por duas escolas municipais: Julieta Rago Foloni; e Eurico Acçolini. Elas participaram da avaliação e tornaram-se base de referência para as projeções das metas para o município até o ano de 2021.

A rede municipal aumentou, com a municipalização de três escolas em 2011 e a inauguração da Joseane Bianco em 2009 e da Angela Maria Prearo Fortunato em 2015. Todas elas seguem as metas projetadas em 2005.

“Enquanto ensino público, se compararmos as metas projetas para a rede pública estadual, teríamos atingido as metas, visto que para o Ensino Fundamental 1, a meta estadual era 6.3 e o município atingiu 6.8 e para o Fundamental 2, a meta era 5.5, exatamente o índice atingido na rede municipal. Então, acreditamos que a Rede Municipal de Bariri está no caminho certo, investimentos em material de qualidade, formação continuada aos professores  e inovações em metodologias de ensino estão contribuindo para os avanços e conquistas que estão sendo alcançando”, destaca Fabíola

 

Rede Estadual

 

Em Bariri são duas escolas estaduais. Em relação ao 9º ano tanto a Ephigênia Cardoso Machado Fortunato quanto a Idalina Vianna Ferro tiveram redução da nota do Ideb de 2019 em relação ao índice de 2017.

Mesmo com a queda, a Idalina ficou acima da meta proposta para o ano passado. Já a Ephigênia, com nota 5.3, ficou um pouco abaixo da meta (5.5).

Em relação ao 3º ano do ensino médio, a Idalina teve aumento da nota de 4.3 em 2017 para 4.8 em 2019, ficando acima da meta. A Ephigênia não teve nota no ano passado porque o número de participantes no Saeb foi insuficiente para que os resultados fossem divulgados.

Em nota, a Secretaria Estadual da Educação informa que no ensino médio a rede estadual de São Paulo registrou o maior crescimento de sua história. Nos anos iniciais do ensino fundamental, se for avaliada a rede pública conjuntamente entre escolas estaduais e municipais, São Paulo também apresenta o melhor resultado do país.

O maior desempenho foi notado no ensino médio, que saltou de 3.8 no último Ideb, em 2017, para 4.3 em 2019, registrando o maior crescimento da história das escolas estaduais neste ciclo de ensino.

Após retroceder em 2017, a rede estadual cresce 0,5 no ensino médio em 2019 e permanece em 5º lugar no ranking entre os estados.

Nos anos finais do ensino fundamental, São Paulo recebeu pontuação de 5.2 – antes tinha 4.8. O desempenho foi o melhor da história de São Paulo e de todas as outras redes estaduais do Brasil.

 

Impacto da pandemia

 

O secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, diz que a tendência de crescimento apresentada pelo Ideb 2019 pode não se manter nos próximos anos por conta da pandemia do coronavírus enfrentada atualmente.

“Precisamos fazer essa reflexão enquanto sociedade sobre o que está acontecendo. A pandemia trouxe aumento do desemprego e há um consequente risco de evasão escolar. Temos muitos esforços para garantir a aprendizagem neste período, mas o desafio está posto e é fundamental que a gente reflita”, relata Soares.

 

Ideb da rede pública de Bariri (redes municipal e estadual) – 5º ano

 

Ano            Ideb                            Meta

2007           5.2                              5.1

2009           5.8                              5.4

2011           6.0                              5.8

2013           5.9                              6.0

2015           6.1                              6.3

2017           6.6                              6.5

2019           6.8                              6.7

2021           -x-                               6.9

 

Ideb da rede pública de Bariri (redes municipal e estadual) – 9º ano

 

Ano            Ideb                            Meta

2007           4.3                              4.1

2009           4.9                              4.3

2011           4.8                              4.5

2013           5.0                              4.9

2015           5.2                              5.3

2017           5.7                              5.5

2019           5.6                              5.8

2021           -x-                               6.0

 

Ideb da rede pública de Bariri (redes municipal e estadual) – 3º ano do ensino médio

 

Ano            Ideb                            Meta

2019           4.8                              4.7

2021           -x-                               4.9

 

Fonte: Inep

 

Resultado por escola em Bariri – 5º ano

 

Unidade            Ideb 2019            Meta para 2019

Ângela               6.5                       6.1

Euclydes           6.7                       5.3

Julieta                7.8                       7.4

Rosa Benatti     -x-                        6.3

 

Resultado por escola em Bariri – 9º ano

 

Unidade            Ideb 2019            Meta para 2019

Ephigênia          5.3                       5.5

Eurico                6.2                       6.7

Idalina               5.9                       5.1

Joseane              4.8                       5.7

Masson              5.3                       4.5

 

Resultado por escola em Bariri – 3º ano do ensino médio

 

Unidade            Ideb 2019            Meta para 2019

Ephigênia          -x-                        4.9

Idalina               4.8                       4.5

 

Fonte: Inep