Slider

Dia 13 de janeiro foi formado o Comitê Covid com pais e profissionais da Saúde; o colegiado decidiu pela volta de forma virtual no início do ano letivo – Divulgação

Decisão tomada por colegiado prevê aulas remotas (por meio digital) nos primeiros quinze dias do ano letivo de 2021 da Cooperativa Educacional de Bariri (Coeba). A data de início das aulas foi confirmada para 1º de fevereiro.

As medidas foram definidas durante encontro realizado terça-feira, 26, de forma virtual e que reuniu integrantes do Comitê Covid, Conselho Administrativo e Diretoria Executiva da Coeba.

Inicialmente, o plano de retomada das aulas, intitulado “Hora do Reencontro” havia previsto o início das atividades com sistema híbrido, que incluía aulas presenciais e remotas.

No entanto, diante da reclassificação do Plano São Paulo de combate à pandemia de Covid 19, que regrediu a região de Bauru para a fase vermelha, a mais restritiva de todas, o colegiado da Coeba achou por bem repensar a forma de retorno.

Ainda pesou sobre a decisão, segundo o grupo, o fato da “Coeba ser uma cooperativa que não visa o lucro, mas tem como prioridade oferecer a qualidade educacional e prezar pela saúde de alunos, professores, equipe e familiares”.

Por isso, a escola, após parecer unânime do Comitê Covid, decidiu iniciar o ano letivo dia 1º de fevereiro de forma remota por quinze dias, “mesmo estando preparada e segura para as aulas presenciais com sistema híbrido”.

Outro fator que contribuiu para essa decisão, segundo a escola, foi a falta de legislação municipal sobre o tema. A escola esperava decreto assinado pelo prefeito regulamentando o retorno do ano letivo no município. Até a realização da reunião, o documento não havia sido emitido. Efetivamente, o Executivo municipal publicou decreto para normatizar o retorno às aulas na quarta-feira (27), após a decisão da escola sobre a questão.

Por fim, de acordo com o colegiado, houve ponderação diante da delicada situação em que se encontram os hospitais da região e a própria Santa Casa de Bariri, que enfrentam colapso no atendimento de pacientes de Covid 19 e outras patologias.

O encontro de terça-feira reuniu a direção da Coeba, a área pedagógica da escola, membros do Conselho Administrativo e integrantes do Comitê Covid, formado por mais de 20 profissionais cooperados, de diversos setores da área da saúde, alguns deles, inclusive, com atuação direta no combate à Covid 19 em Bariri.

De acordo com a diretora Lia Maura Belluzzo Queiroz Foloni, as reuniões estão ocorrendo de forma virtual e também as orientações para pais e responsáveis. Para tanto, é necessário acessar as plataformas Plurall, Plataforma S – Programa Semente e Educfamília, que trazem orientações importantes relativas aos alunos.