Composição 1_1
Composição 1_1

Provão Paulista é porta de entrada para estudantes da rede pública ao ensino superior (Foto Divulgação)

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), sancionou nesta segunda-feira (18) o decreto que institui o Provão Paulista Seriado.
O exame servirá de instrumento de avaliação de desempenho dos estudantes do Ensino Médio da rede estadual e municipais — que ofertam a etapa — e mais uma opção de acesso aos cursos de graduação das universidades públicas paulistas.
Constam da lista: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e as Faculdades de Tecnologia (Fatecs).
O Provão será aplicado anualmente em formato seriado ao fim do ano letivo de cada uma das três séries do Ensino Médio. Os candidatos devem, obrigatoriamente, ter cursado todo o Ensino Médio na rede pública.
Em caráter excepcional, em 2023, os resultados do primeiro exame — previsto para novembro — poderão ser usados já para ingresso dos estudantes que hoje estão na 3ª série. A partir do próximo ano, será utilizada uma nota acumulada das provas feitas na 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. Finalmente, em 2025, serão consideradas as avaliações nas três séries.
Para 2024, serão ofertadas 13 mil vagas dos cursos disponíveis nas universidades conveniadas. No Provão Paulista Seriado, os candidatos serão avaliados em todos os componentes curriculares do Currículo Paulista e nos moldes de vestibular. (Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa da Secretaria da Educação)