Slider

Dias 26 e 27, quarta e quinta-feira, alunos das escolas estaduais realizaram as provas do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), que avalia habilidades em língua portuguesa e matemática; além de prova amostral de redação.
Em Bariri, a avaliação envolveu alunos das escolas Profª Ephigênia Cardoso Machado Fortunato e Profª Idalina Vianna Ferro, matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental II e na 3ª série do Ensino Médio.
Em todo o Estado, participaram estudantes matriculados no 3º ano, 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio. Para os alunos dos 2º ano e 7º ano do Fundamental, a aplicação foi amostral, ou seja, só uma parte dos estudantes fizeram a prova.
Os alunos responderam a itens de língua portuguesa e matemática. Para o 2º e 3º ano do ensino fundamental, os itens são dissertativos, também chamados de resposta construída. Para os demais, a prova é de múltipla escolha.
Também houve a aplicação amostral da prova de redação aos alunos do 5º ano, 9º ano do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio. Pela primeira vez, uma amostra de estudantes do 5º ano, 9º ano e 3ª série do ensino médio vai responder a um questionário sobre competências socioemocionais.
O Saresp ainda prevê que tanto os pais quanto os alunos respondam a perguntas que indicam o nível socioeconômico das famílias. Os questionários foram encaminhados e serão recolhidos pelas próprias escolas.

Objetivo

Aplicado pela Fundação Vunesp, o Saresp ajuda a compor o principal indicador da educação paulista, o Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp).
Os dias das provas são considerados dias letivos e houve aula normal nas escolas. É fundamental que todos os alunos indicados participem do exame para que os resultados mensurem índices reais de aprendizagem, e gerem bons diagnósticos para nortear políticas públicas mais assertivas.
Além da rede estadual, a prova é aberta às redes municipais, particulares, Sesi e unidades do Centro Paula Souza que aderiram à avaliação.

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo