Slider

Luiz Rabi, economista da Serasa Experian: “A inadimplência sempre cresce com o desemprego” – Divulgação

No ano passado os comerciantes de Bariri incluíram 1.961 negativações no cadastro do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Em 2017 as inclusões totalizaram 1.423 casos (confira quadro).

O crescimento entre um ano e outro foi de 37,8%, demonstrando que maior número de consumidores deixou de honrar seus compromissos.

Já as exclusões praticamente se mantiveram estáveis entre os dois períodos. O montante passou de 2.337 em 2017 para 2.373 em 2018 (crescimento de 1,5%). O levantamento é da Associação Comercial e Industrial de Bariri (Acib), feito a pedido do Candeia.

Apesar de a exclusão de negativações ser maior que a inclusão, deve-se levar em consideração que boa parte ocorre por caducidade.

Em 2017, de um total de 2.337 exclusões, 1.514 foram feitas após período de cinco anos do vencimento da dívida. No ano passado, os casos de caducidade somaram 1.516 registros.

Conforme o levantamento da Acib, até o momento há 3.206 devedores cadastrados no SCPC de Bariri. No total, esses consumidores têm 4.972 dívidas pendentes. O valor consolidado dos débitos chega a R$ 2,494 milhões.

Desemprego

“A inadimplência sempre cresce com o desemprego. Quando o País entrou em crise, a partir de 2014, nós tínhamos 51,8 milhões de CPF negativados. A crise, de 2014 pra cá, colocou mais 10 milhões na inadimplência”, descreve Luiz Rabi, economista da Serasa Experian.

Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil, confirma que a recuperação do trabalho, e portanto da renda, é o que faz com que quem esteja inadimplente possa colocar em dia as contas em atraso, especialmente os mais pobres. “Quando o consumidor que tem a renda menor voltar para o mercado de trabalho, ele vai pagar a dívida, resolver esse problema”.

Entre 2014 e 2017, cerca de 6,5 milhões de pessoas ficaram sem ocupação (dessas 3,3 milhões tinham empregos formais). Os números do IBGE contabilizam que no período a média anual da taxa de desocupação das pessoas de 14 anos ou mais idade no Brasil passou de 6,8% (o menor índice da história) para 12,7% – mesmo percentual de junho de 2018, quando a inadimplência atingiu recorde na Serasa.

Fonte: Agência Brasil

Comparativo de inclusões do SCPC em Bariri

Mês                   Inclusões em 2017       Inclusões em 2018

Janeiro               120                                190

Fevereiro           136                                131

Março                127                                200

Abril                  30                                  232

Maio                  97                                  259

Junho                 108                                160

Julho                  113                                162

Agosto              115                                114

Setembro           85                                  94

Outubro             112                                153

Novembro         218                                150

Dezembro          162                                116

Total                 1.423                             1.961

Fonte: Associação Comercial e Industrial de Bariri

Comparativo de exclusões do SCPC em Bariri

Mês                   Exclusões em 2017      Exclusões em 2018

Janeiro               198                                196

Fevereiro           164                                222

Março                181                                190

Abril                  162                                179

Maio                  189                                188

Junho                 227                                244

Julho                  215                                211

Agosto              185                                185

Setembro           206                                194

Outubro             206                                170

Novembro         206                                166

Dezembro          198                                228

Total                 2.337                             2.373

Fonte: Associação Comercial e Industrial de Bariri