Composição 1_1
Composição 1_1

Lucas Tannuri com a filha Marina: tudo começou com coleção de objetos cotidianos da garota, os quais possibilitaram a criação de desenhos e histórias.

 

O fotógrafo, escritor e ilustrador Lucas Tannuri, 43 anos, residente em Araraquara, está publicando o segundo livro que retrata experiências da filha autista, Marina, atualmente com 13 anos de idade.

Em 2018, ele publicou “O Grande Desafio das Pequenas Coisas”. Agora, prepara “O Grande Desafio das Pequenas Coisas 2”.

Lucas conta que o livro está em campanha de financiamento coletivo. O objetivo é atingir a meta para pagar gráfica, editoração etc. No momento, chegou a quase 30% do recurso necessário. Interessados em conhecer o trabalho e em colaborar podem acessar o site https://www.catarse.me/o_grande_desafio_das_pequenas_coisas_2_b685.

Ele relata que a filha foi diagnosticada dentro do espectro autista. Quando mais nova, ainda não falava e nem escrevia, sua comunicação era muito restrita. O que chamava a atenção era sua “coleção de objetos cotidianos” que encontrava pela casa e os guardava em baldinho.

Foi a partir desta coleção de interesses que Lucas passou a criar desenhos e histórias a partir de cada objeto, resultando no primeiro livro: “O Grande Desafio das Pequenas Coisas”.

A partir daí, o autor começou a participar de exposições, palestras, conversas com pais, conversas com crianças, oficinas de desenho, aulas inclusivas em escolas de todo o país, material base para teses de mestrado. Alguns livros foram até para outros países do mundo!

Segundo ele, o segundo livro está maior, mais maduro e com um novo autor: Gael, filho mais novo de Lucas.

“Nasceu no meio desta brincadeira, vivenciou tudo como algo natural da casa e juntou suas peças às nossas. Juntou seu olhar, sua brincadeira, sua alegria. Ficou tudo dobrado”, diz o escritor.

O livro possui papel de desenhar, podendo ser colorido pelo pequeno e grande leitor, página que abre em nova dobra, outra que possui um corte especial. Um livro que também é um objeto a ser explorado pelo leitor.

Além da parte literária, Lucas possui um grupo de atendimento para pais de crianças autistas.