posto-santa-lucia-novo-2017
pró_sp3-01

Catador de Cachorro Morto é o novo trabalho de Ricardo Rodrigues – Divulgação

O cineasta Ricardo Rodrigues lançou no dia 4 de novembro seu mais recente curta-metragem, “Catador de Cachorro Morto”, projeto que tem como objetivo fomentar o audiovisual e animação na cidade e na região com foco em formação de público.

O projeto “Como fazer cinema II – PROAC ICMS 23547” foi a segunda produção em 2021 de animação em Stop Motion, entre outras produções culturais da produtora Bela Balela, comandada por Ricardo Rodrigues, sendo realizado via lei de Incentivo do PROAC ICMS, aportado pelas empresas amigas da Cultura – Salinas Embalagem e Villa Jahu como patrocinadores.

“Foi uma produção independente e pioneira. É raríssimo vermos projetos audiovisuais em animação (ainda mais em Stop Motion), nacionais. Ver o resultado, com tanta escassez de mão de obra especializada e com tão poucos recursos em nossa região, nos mostra que mesmo diante de todas as circunstâncias, sim, é possível criar um produto artístico de qualidade se tratando de animação no Brasil”, explica Ricardo.

O curta-metragem de 21 minutos de duração foi ao ar no dia 4 de novembro no canal do Youtube “Bela Balela” e já obteve dezenas de visualizações, aqui e fora do país.

“É a arte de nossa região sendo levada para o Brasil e para o mundo” declara Ricardo.

Para conferir a obra cinematográfica “O Catador de Cachorro Morto”, é possível acessar https://www.belabalela.com.br/o-catador-de-cachorro-morto.