Slider

A partir da esquerda, Grigolin, Barbieri, Abelardo e Anaí na inauguração do projeto – Robertinho Coletta/Candeia

A prefeitura de Bariri inaugurou na quarta-feira (12) o Projeto Ganha Tempo, cujo objetivo é suprir a necessidade da população que não possui acesso à internet ou tem dificuldades em lidar com computadores e outros meios eletrônicos.

Ligado à Diretoria Municipal de Desenvolvimento Econômico, o projeto conta com estagiários da área de Direito e Administração, além de recursos tecnológicos, como computadores e impressoras.

O Ganha Tempo oferece ao público serviços de emissão de Boletim de Ocorrência eletrônico e de antecedentes criminais, consulta de segunda via de contas, serviços relativos ao “Meu INSS”, cadastros em geral, agendamentos do Poupatempo, confecção de currículos, consulta de documentos de veículos, cadastro no “Emprega Bariri” e impressão de segunda via de CPFs.

O Ganha Tempo está localizado na Rua Camilo Resegue, 68. O funcionamento é das 9h às 16h.

 

Gratuito

 

O diretor municipal de Desenvolvimento Econômico, Vicente Sérgio Barbieri Júnior, diz que a escolha do local deve-se à proximidade com o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) e o Banco do Povo.

O Ganha Tempo foi instalado no espaço antes ocupado pelo Projeto Guri, que foi transferido para o Projeto Sol Maior (no antigo Centro Educacional Sesi).

Presente ao evento, o escrivão de polícia e vereador Paulo Egidio Grigolin (PP) conta que as pessoas ainda procuram serviços que não são mais inerentes à Polícia Civil, hoje prestados pelo Detran e Prodesp, como emissão de RG. Para ele, o projeto inaugurado em Bariri será útil para preencher essa lacuna.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Bariri, Anaí Lagatta Padovani Martins Simões, observa o alcance social do projeto. Segundo ela, os servidores do Ganha Tempo poderão resolver as demandas que chegarem à unidade ou dar a orientação necessária a quem procurar o órgão.

O prefeito Abelardo Maurício Martins Simões Filho (MDB) ressalta que o Ganha Tempo vem para somar com o futuro Poupatempo de Bariri e com o Poupatempo de Jaú. Destaca que o serviço prestado pela nova unidade até então cabia à iniciativa privada e agora será oferecido pelo poder público de forma gratuita.