Composição 1_1
Composição 1_1

Reunião realizada na Câmara de Bariri para divulgação do censo, que é realizado de 10 em 10 anos – Alcir Zago/Candeia

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizou na tarde de segunda-feira (29), na Câmara de Bariri, reunião com representantes da prefeitura, da Câmara, da Secretaria Estadual da Agricultura e da imprensa para dar detalhes sobre a realização do censo demográfico.

De acordo com o coordenador do instituto da área de Jaú, Deivide Martins Sartori, o trabalho de campo será realizado no município de junho a agosto do ano que vem.

O censo acontece de 10 em 10 anos. Em 2020 não foi realizado por causa da pandemia do novo coronavírus. Neste ano o problema foi a restrição orçamentária. Por isso, o levantamento de dados ficou para 2022.

No município, o trabalho ficará a cargo de um agente censitário municipal, três supervisores e 32 recenseadores. Houve divisão das áreas urbana e rural para que todos os imóveis sejam visitados, inclusive no período noturno e fins de semana.

Bariri dispõe de 83 setores, sendo sete rurais. Será feito processo seletivo para contratar as pessoas que irão trabalhar.

Sartori explica que os dados colhidos nas entrevistas são sigilosos. Além disso, todos os servidores do IBGE possuem crachás. O morador pode verificar se realmente é funcionário do instituto ligando para um telefone 0800 que estará no crachá, por meio de QR Code ou site do IBGE.

No censo de 2010 Bariri tinha 31.593 habitantes, ficando no 181º lugar no Estado de São Paulo em relação à população (são 645 municípios no Estado).

Na estimativa populacional deste ano o município apareceu com 35.844 habitantes. O censo do ano que vem permitirá verificar se esse número está correto ou não. O IBGE realiza as estimativas com base em nascimentos, óbitos e movimentos migratórios.