Slider

Equipe da Ação Social iniciou pesquisa para conhecer as demandas e situações de vulnerabilidade social nos Bairros Livramento e Alvorada – Divulgação

Esta semana, a Diretoria de Ação Social deu início a um mapeamento e consequente diagnóstico de vulnerabilidade social nos bairros Livramento e Alvorada.

O objetivo da pesquisa, segundo Suzane Dinis Albrati, diretora da pasta, é “elaborar um diagnóstico socioterritorial e, a partir dos dados, criar políticas públicas de atendimento à população”.

Segunda-feira, 10 uma reunião entre os integrantes da equipe alinhou os últimos detalhes e estratégias do mapeamento.

A partir de quarta-feira, 12, os profissionais da pasta iniciaram o trabalho de campo, devidamente identificados. Eles visitam os domicílios para aplicação de formulário.

Segundo a equipe, a pesquisa vai permitir conhecer as demandas sociais de cada família, como insegurança alimentar, violência doméstica, presença de pessoas com deficiência, idosos e outras situações de vulnerabilidade social. Os dados vão subsidiar a elaboração do diagnóstico socioterritorial.

A participação das famílias é voluntária e as informações obtidas têm caráter sigiloso, preservando sempre a privacidade dos moradores.