Slider

Heitor tenta tratamento junto ao médico brasileiro Marc Abreu, na clínica BTT Corp, que fica em Westport (Connecticut – EUA).

Até dia 20 de dezembro, a campanha em prol do bancário Heitor Durante Perazzelli, 38 anos, havia atingido R$ 111.095,56. O valor revela bom desempenho da “Vakinha Heitor Contra ELA”, via online, mas está distante do total necessário para o tratamento: em torno de R$ 230 mil.
A campanha, iniciada há cerca de um mês, vem mobilizando grande número de pessoas, em especial em Bariri, cidade natal de Heitor, e em Bauru, onde ele trabalha e reside. Hoje, devido a doença, está afastado do trabalho e permanece aos cuidados da família.
Heitor é filho do vereador Armando Perazzelli e da professora Beatriz Durante; tem dois irmãos: Hélen e Herbert; e é casado com Vanessa Thomazini.
Segundo relato da família, há cerca de dois anos ele começou a sentir sintomas de problemas neurológicos que, após exame eletroneurográfico, foram identificados como sendo ELA – Esclerose Lateral Amiotrófica.
Atualmente no Brasil, a Anvisa reconhece um único medicamento contra a ELA, o qual serve apenas para retardar a progressão da doença. Essa e outras tentativas de tratamento, no entanto, foram utilizadas pelo bancário, mas sem resultados positivos.
Ainda de acordo com familiares, há possibilidade de reversão do quadro através de novo tratamento criado nos Estados Unidos, liderado por um médico brasileiro Marc Abreu. A fase inicial deste tratamento é feita no Brasil, porém as intervenções cirúrgicas ocorrem apenas na clínica BTT Corp, que fica em Westport (Connecticut – EUA).
Por se tratar de uma descoberta recente e ainda só aplicada pela BTT Corp, o custo deste tratamento é alto e pago em dólar. Além das etapas do tratamento, também haverá o custo para o deslocamento e hospedagem nos EUA.
Muitas ações já foram promovidas tendo em vista a campanha, como rifas, bailes, depósitos em conta e via internet.
Através das redes sociais, a família atualiza a situação da arrecadação e os colaboradores permanecem mobilizados na tentativa de alcançar o valor necessário.
Quem quiser colaborar, deve acessar www.vaquinha.com.br/vaquinha/heitor-contra-ela
Ou se preferir depositar diretamente na conta corrente: Banco do Brasil:001/agência: 0198-8/conta: 114.990-3/CPF: 300.885.028-64 (beneficiário: Heitor D. Perazzelli).