Slider

Saemba pede para população economizar água – Foto: Arquivo/Candeia

Desde o início do lockdown em Bariri, o Serviço de Água e Esgoto do Município de Bariri (Saemba) começou a registrar falta d’água em vários pontos do município.
Segundo o superintendente da autarquia, Eder Cassiola, o problema é maior das 10h30 às 13h30 e das 17h às 20h, horários de almoço, jantar e banho.
Ele pede que as pessoas economizem a água o máximo possível, evitando lavar quintal e veículos.
O Saemba tem colocado os sistemas de abastecimento em 100% para atuar a fim de garantir a maior oferta possível de água. Mesmo assim, com as pessoas em casa por causa das restrições impostas pelo lockdown, o consumo está alto.
Cassiola diz que o problema de abastecimento é maior nos Jardins Garotinho, Romero, Santo André, Esperança.
Inclusive esses bairros enfrentam falta d’água em vários períodos, principalmente às sextas-feiras. A prefeitura pretende resolver a questão, abrindo um novo poço para abastecer os locais. “Essa é uma prioridade nossa”, afirma o superintendente.