posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Reunião na manhã desta terça-feira irá definir mudança – Fotos Arquivo

O interventor da Santa Casa de Bariri, Marco Antonio Gallo, irá deixar o cargo. Ele contou ao Candeia que recebeu o comunicado de sua saída da intervenção do hospital na segunda-feira (31).

Ele prefere falar sobre o assunto em outra oportunidade. Seu lugar será assumido pela enfermeira Angélica Fanti Moço, responsável pela ESF 2.

Segundo o prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB), está prevista reunião nesta terça-feira (1º) para tratar das mudanças. Uma delas é se os médicos Marco Antonio Gallo, Luiz Carlos Ferraz do Amaral e Jésus Fernandes da Costa Júnior permanecem ou não como assessores da intervenção.

Neto Leoni diz que a principal razão da mudança é que deve haver maior afinidade entre a Rede Municipal de Saúde e a diretoria da Santa Casa de Bariri. Também pesou na decisão a falta de prestação de contas e o não pagamento do FGTS aos funcionários, questões que levaram a Câmara a instaurar duas Comissões Especiais de Inquérito (CEIs).

O chefe do Executivo pretende prorrogar a intervenção até 31 de dezembro. Como haverá eleições municipais, em 1º de janeiro irá assumir o governo outro prefeito ou Neto Leoni, caso seja reeleito.

Com a prorrogação até o fim do ano será possível ao futuro gestor definir as ações relacionadas ao hospital. Neto Leoni defende que uma irmandade assuma a direção da Santa Casa, mas que no momento a intervenção municipal é a única forma de não fechar o hospital

Angélica diz que conversou com o prefeito e de antemão aceitou o convite, mas que é preciso definir o andamento do trabalho. Ela já trabalhou em hospital e pretende mantê-lo aberto.

O prefeito relatou também que Irene Chagas do Nascimento Inácio Rangel deve permanecer à frente da Diretoria Municipal de Saúde. Ela também participará da reunião nesta terça.

Neto Leoni postou em seu Facebook na semana passada que Estela Adriana Farah, fisioterapeuta e filha do médico Fauze Farah, iria assumir a gestão da Saúde. A informação não se concretizou.