Slider

Posse da nova diretoria do Lar Vicentino de Bariri foi dada pelo Conselho Central da SSVP em Jaú – Alcir Zago/Candeia

A nova diretoria do Lar Vicentino de Bariri foi empossada em cerimônia realizada no sábado, dia 28, na própria sede da entidade.
Às 9h o padre Ériko Thiago Nogueira celebrou missa na capela do asilo. Em seguida, diretores da instituição, membros do conselho fiscal e convidados participaram da posse.
Também marcaram presença o contador Edson Vasse Carneiro, que atuou como interventor no Lar Vicentino de Bariri desde maio de 2018, nomeado pelo Conselho Metropolitano de São Carlos, e Gedivaldo Pirouzi, presidente do Conselho Central da SSVP, situado em Jaú. Coube ao Conselho Central dar a posse.
A nova diretoria do Lar Vicentino de Bariri, com mandato por dois anos, é composta por Augusto César Zaparolli (presidente), Edson Luciano Furcin (vice-presidente), Dimas Sousa Vieira (primeiro-tesoureiro), José Luis Pavão (segundo-tesoureiro), Carlos Flávio Oréfice (primeiro-secretário) e Daniela Mazotti Furcin (segundo-secretário). O Conselho Fiscal é composto por Dinorá Bicudo da Silva e Fausta Sibinel.
Zaparolli diz que o objetivo é dar continuidade ao trabalho que vinha sendo feito na entidade. Segundo ele, historicamente o Lar Vicentino sempre teve uma boa administração.
“O cargo de presidente não é uma honraria, mas uma forma de colocar-se a serviço”, comenta o presidente.
Zaparolli ressalta que a questão financeira da instituição não preocupa. A instituição não possui sobra de caixa, mas também não está no “vermelho”.
O Lar Vicentino conta com convênios, Programa Alimentar do Município (PAM), campanhas e aluguéis.
A partir deste mês começará a receber da prefeitura de Bariri R$ 5,5 mil por mês, montante relacionado ao aluguel de ala desativada para instalação do Centro de Atendimento Psicossocial (Caps).
O contrato foi firmado pelo período de 24 meses. A locação diz respeito a 14 apartamentos, cozinha, sala de estar, banheiros externos e varanda, fruto de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público (MP).
Sobre o período de intervenção, Zaparolli afirma que foi um período de aprendizado e que a medida serviu para um realinhamento do trabalho vicentino.

Termos de parceria

Na segunda-feira, dia 30, representantes de entidades de Bariri estiveram no gabinete do prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB) para assinatura dos termos de parceria para 2020.
Os repasses ficaram assim definidos: Creche Madre Leônia (R$ 440 mil), Apae (R$ 433 mil), LAV – antiga Casa Abrigo (R$ 110 mil), Centro de Promoção Social (R$ 90 mil), Afapabi – Focinho Carente (R$ 86 mil), Associação Quilombo (R$ 56 mil), Lar Vicentino (R$ 45 mil) e Projeto Paz (R$ 42 mil).
Os montantes de dinheiro que serão transferidos em 2020 são os mesmos repassados em 2019.

Representantes de entidades com o prefeito Neto Leoni – Divulgação