Slider

 

Entre 2015 e 2017 a Fundação Seade registrou a morte de 136 pessoas acima dos 60 anos residentes em Bariri por doenças do aparelho respiratório – Arquivo/Candeia

Entre 2015 e 2017 a Fundação Seade registrou a morte de 136 pessoas acima dos 60 anos residentes em Bariri por doenças do aparelho respiratório (confira tabela).

O levantamento foi divulgado nesta semana e contém informações de todos os municípios paulistas.

De acordo com estudo da Fundação Seade, doenças do aparelho respiratório respondem por 13,5% dos 294 mil óbitos registrados no Estado de São Paulo em 2017.

Elas representam o terceiro principal grupo de causas de morte (39.748 óbitos), ficando atrás somente das doenças do aparelho circulatório (85.011 óbitos) e das neoplasias (54.286 óbitos).

Os óbitos por doenças do aparelho respiratório apresentam tendência nítida de aumento. O número esperado de óbitos para 2020 seria de 40,5 mil, sem a interferência da atual pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A população com 60 anos e mais é a mais atingida, respondendo por 85% das mortes por esse grupo de causas.

É relevante a sazonalidade das mortes por doenças do aparelho respiratório. Em 2017, o número médio diário cresceu entre janeiro e julho (53%), quando atingiu o patamar de 135 mortes por dia. Para a população com 60 anos e mais, este número diário variou entre 73 e 116 óbitos, enquanto para os menores de 60 anos o intervalo foi de 15 a 19 óbitos.

O risco de morte por influenza (gripe) e pneumonia, que vitimou 23.390 pessoas no Estado em 2017, é o mais elevado entre as doenças do aparelho respiratório e apresenta aumento expressivo desde 2006.

Esse risco se intensifica entre as pessoas com 60 anos e mais. Em 2017, a taxa de mortalidade por influenza (gripe) e pneumonia, entre idosos, foi 27 vezes maior do que na população de 15 a 59 anos e 79 vezes superior à de menores de 15 anos.

 

Taxa de mortalidade por doenças do aparelho respiratório da população com mais de 60 anos

 

Município              Óbitos 2015     Óbitos 2016     Óbitos 2017           Taxas 2015-2017*          Taxas 2017*

Bariri                       47                     44                     45                           833,5                                804,7

Barra Bonita            29                     31                     34                           540,3                                567,1

Bauru                      313                   316                   340                         593,3                                603,3

Bocaina                   8                       12                     7                             555,2                                419,7

Boraceia                  9                       4                       5                             905,0                                734,2

Dois Córregos        28                     24                     34                           760,0                                879,7

Itaju                         4                       3                       4                             652,4                                695,7

Itapuí                       13                     11                     10                           635,6                                540,2

Jaú                          212                   202                   179                         959,4                                836,5

Pederneiras             38                     46                     33                           673,2                                550,3

 

* Por 100 mil habitantes

 

Fonte: Fundação Seade