posto-santa-lucia-novo-2017
pró_sp3-01

Medidas irão vigorar até 2 de março deste ano – Foto Arquivo

Diante do aumento dos casos de Covid-19 e síndrome gripal (H3N2) e maior procura por estabelecimentos de saúde, incluindo o pronto-socorro da Santa Casa, a prefeitura de Bariri editou decreto nesta segunda-feira (17) com o objetivo de restringir atividades no município.
As medidas são válidas até o dia 2 de março deste ano. O documento determina a proibição da realização de eventos presenciais, pelo poder público, o que inclui o carnaval.
Todos os estabelecimentos (incluindo igrejas e templos) devem adotar como medidas sanitárias a restrição a 70% do público da capacidade do local, distanciamento de 1,5 metro de cada pessoa e intensificação de ações de limpeza.
No caso de bares, restaurantes, lanchonetes, eventos em geral e similares ficam proibidas atividades de entretenimento no local, inclusive música ao vivo. Os clientes deverão ficar sentados, sendo proibida pista de dança. Essa medida também inviabilizaria a realização de carnaval pela iniciativa privada.
Os estabelecimentos também deverão medir a temperatura das pessoas. No caso de supermercados, açougues etc. a recomendação é que haja restrição do número de acompanhantes.
O decreto suspende também as atividades do Espaço Amigo 1 e Espaço Amigo 2 até o retorno do período letivo, marcado para 1º de fevereiro.
O não cumprimento das determinações pode resultar em sanções, como multas.