Slider

De acordo com o pluviômetro instalado na DC Bio, choveram 80 mm em Bariri na segunda-feira, dia 10.
Foi a maior precipitação do ano na cidade. Até o momento, choveram 124 mm no atual mês.
Ao contrário de outras cidades, não houve estragos em Bariri. Uma árvore situada na Praça Joaquim Lourenço Correa (Praça da Matriz) veio abaixo. Rios e córregos receberam grande volume de água.
No caso do Tietê, a água veio em grande quantidade de outras cidades. Houve necessidade da abertura de comportas para escoamento.
Em Botucatu o temporal deixou imóveis alagados, pontes destruídas e famílias desabrigadas.
Na Rodovia Marechal Rondon (SP-300) uma cratera se abriu na altura do quilômetro 258. Caminhão foi arrastado pela força da água e o corpo de um homem, que seria o motorista, foi encontrado no final da tarde de segunda-feira, dia 10.
Além deste trecho, outros da SP-300 e de rodovias de acesso a Botucatu foram totalmente ou parcialmente interditados.
Em Jaú, o Rio Jaú transbordou deixando ruas alagadas e casas invadidas pela água. Os locais mais atingidos foram Jardim Sempre Verde, Rua Quintino Bocaiuva, Avenida Osorio Ribeiro de Barros Neves, região do Campo Municipal, Avenida do Café (Córrego dos Pires) e Jardim São José.