Composição 1_1
Composição 1_1

Movimento na necrópole municipal intensificou-se nesta quarta-feira, dia 1º: cemitério tem mato alto em vários pontos (Fotos Alcir Zago/Candeia)

Na manhã desta quarta-feira (1º), véspera de Finados, o Jornal Candeia esteve no Cemitério Municipal e encontrou intensa movimentação de pessoas no local.
No interior da necrópole a reportagem encontrou vários pontos com mato alto e sujeira.
Equipes da Diretoria Municipal de Infraestrutura e do Serviço de Água e Esgoto do Município de Bariri (Saemba) estavam no cemitério para a realização de alguns serviços.
De acordo com o diretor da pasta, Paulo Egídio Grigolin, três servidores foram deslocados para trabalharem na necrópole entre segunda-feira (30) e quarta-feira (1º) para capina e limpeza do mato, incluindo o uso de roçadeira.
O trabalho do poder público será insuficiente diante de tanto mato, que cresceu bastante com as chuvas dos últimos dias.
A situação chegou a esse ponto em 2023 pela suspensão do contrato entre a Prefeitura de Bariri e a empresa Latina Ambiental em meados de agosto, medida tomada por determinação judicial, a pedido do Ministério Público (MP).
Grigolin diz que novo edital de licitação deve ser publicado no início deste mês para contratação de empresa para realizar o serviço de limpeza pública.
Além do cemitério, áreas verdes praças e margens de córregos estão com mato alto em Bariri.