Slider

Boletim de ocorrência teria sido registrado na manhã desta segunda-feira, 2, na Delegacia de Polícia de Bariri – Foto: Arquivo

Uma mulher que procurou a Santa Casa de Bariri perdeu o bebê na manhã desta segunda-feira, dia 2. O menino seria chamado Miguel.

Por esse motivo, familiares foram à Delegacia de Polícia para registrar boletim de ocorrência.

Em entrevista à imprensa, familiares da gestante relataram que ela começou a sentir dores e contrações no sábado, dia 29, e procurou o pronto-socorro (PS) da Santa Casa.

Médico de plantão ministrou medicamentos e liberou a gestante para casa.

No domingo, dia 1º, ainda com dores, ela retornou ao PS. Como as dores não passavam, a médica que a atendeu resolveu interná-la.

Perto das 5h desta segunda-feira, dia 2, um médico ginecologista fez o parto, no entanto, a criança teria nascido morta, com o cordão umbilical enrolado no pescoço.

O outro lado

O Candeia entrou em contato com a equipe interventora do hospital. A informação é que às 16h30 desta segunda-feira, dia 2, os médicos falarão sobre o ocorrido.