Composição 1_1
Composição 1_1

Ao Candeia, ela disse que permanece à frente da pasta até o fim de agosto – Foto: Arquivo Pessoal

A diretora municipal de Saúde, Irene Chagas do Nascimento Inácio Rangel, protocolou na terça-feira (18) pedido de exoneração do cargo.

Ao Candeia, ela alegou motivos pessoais para deixar a função. Ela assumiu o cargo bem em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mesmo assim diz que a sobrecarga de trabalho não foi o principal motivo da saída.

Em princípio, pretendia sair em meados de agosto, mas em contato com familiares decidiu permanecer à frente da diretoria até o fim de agosto.

“Agradeço a todos, principalmente por Deus por “tocar” uma diretoria difícil e peculiar”, disse ela.

Irene conta que teve o apoio de todos os funcionários da Saúde, médicos da rede básica e imprensa. Afirma, ainda, que manteve bom relacionamento com a situação e a oposição. “Minha saída não tem caráter político, portanto”.

(Cobertura completa na edição de sábado do Candeia)