Slider

Heitor e Vanessa ao lado do médico brasileiro Marc Abreu, que iniciou procedimentos de indução de proteínas de choque térmico – Divulgação

Através das redes sociais, Vanessa Thomazini, esposa do bancário Heitor Durante Perazzelli, relata que ele realizou procedimento na cidade de Wesport, em Connecticut nos EUA, e apresenta “melhora na fala e mais força nas pernas e mãos”.
O procedimento, reconhecido e aprovado dentro dos Estados Unidos pela Food and Drug Administration (FDA), foi realizado no dia 5 de fevereiro, na Clínica BTT Corp, pelo médico brasileiro Marc Abreu.
Heitor é portador de uma doença degenerativa neurônio motor (ELA) e o tratamento ajuda a restaurar os movimentos através da indução de proteínas de choque térmico (não há necessidade de procedimento cirúrgico com cortes e anestesia).
Segundo a descrição de Vanessa, são sensores que ficam espalhados pelo corpo monitorando os sinais vitais e com “capacete com antenas” consegue captar os sinais do cérebro, mandando a entrega de calor (podendo chegar até 106°).
Apesar da melhora visível após o primeiro procedimento, o tratamento é gradativo e, segundo Vanessa, os resultados devem aparecer aos poucos. ”Continuamos acreditando que será de melhora dia após dia”, comenta.

Heitor contra ELA

O tratamento nos EUA tem custo alto, sem recursos públicos, e para Heitor somente foi possível realizar graças à campanha “Vakinha Heitor Contra ELA”.
A iniciativa começou em meados de novembro de 2019, com a colaboração de familiares, amigos e muitas ouras pessoas, através de ‘vaquinha’ online, depósitos, rifas e eventos.
Vanessa conta que foi no dia 31 de janeiro de 2019 que eles ficaram sabendo que o procedimento em Heitor havia sido agendado para o dia 5 de fevereiro de 2020. “Corremos contra o tempo, da parte burocrática, reserva de hotel, compra de passagens, para que tudo pudesse se encaixar e dar tempo de chegar lá”, ela relata.
Como vem ocorrendo desde o início, Vanessa e outros familiares atualizam a prestação de contas da transação financeira da campanha, através das redes sociais.
“Agradecemos a Deus e a Nossa Virgem Maria, que sempre esteve nos segurando em seus braços. Nossa gratidão por todas orações, pois são elas que nos sustentam e fortalecem. Gratidão aos nossos pais, familiares e amigos. Gratidão às rádios e jornais da cidade. Gratidão a todos”, ela finaliza.

Fonte: Página no Facebook de Vanessa Thomazini.