Composição 1_1
Composição 1_1

Sucen aponta “resistência” de moradores de Bariri durante visitas de agentes (Divulgação)

Sexta-feira (2), o prefeito de Bariri, Luís Fernando Foloni (MDB) se reuniu com a equipe da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), no escritório regional de Bauru.
O objetivo foi receber orientações para o combate à Dengue. Um dos problemas apontados pela equipe para o enfrentamento da dengue me Bariri está a “resistência” dos moradores.
Fernando afirma que o combate à dengue é uma ação conjunta, cada um tem sua responsabilidade. “O objetivo de toda ação que está sendo feita é a redução da infestação e transmissão da doença. Só que para que isso ocorra, a população tem que colaborar com sua parte”, aponta.
O técnico da Sucen informou que as ações de nebulização e orientação à população têm sido feitas de forma correta pelos agentes públicos de Bariri, de acordo com as orientações repassadas pela Superintendência ao Setor de Vigilância Epidemiológica do município. “O obstáculo é a dificuldade em ter acesso às casas e aos quintais”, informou o prefeito.
As situações que ocorrem são de pessoas que não atendem as equipes, as casas fechadas que estão para alugar ou para venda, os terrenos baldios abandonados que têm sido usados para depósito de entulhos, por exemplo, ou terrenos fechados por muros e portão e que estão com mato alto.
As orientações da Sucen aos munícipes, no caso da nebulização costal que está sendo feita, é que deixem as casas com portas e janelas abertas, inclusive cortinas e portões eletrônicos; retirem roupas do varal; cubram alimentos e bebedouros de animais; e deixem os animais domésticos em locais fechados.
Os agentes de combate às endemias estão trabalhando na eliminação de criadouros de mosquitos e busca ativa de novos casos suspeitos. É importante que a população continue eliminando as condições favoráveis à proliferação do mosquito Aedes aegypti, ou seja, realizando a manutenção adequada dos recipientes com ou em condições de acumular água parada.
Quando é necessária a nebulização costal, uma equipe conversa antes com o morador, avisando que o trabalho será feito e quais os cuidados a serem tomados. Em muitos casos, quando o outro agente chega para nebulizar a casa e o quintal, já não é mais atendido pelo morador. (Fonte: Assessoria de Comunicação)