Slider

Empresários também doaram máscaras de acetato para os trabalhadores – Divulgação

Como forma de ajudar no combate à pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, a empresa Ajinomoto, instalada em Pederneiras, doou R$ 100 mil para aquisição de dois respiradores e 100 macacões de proteção individual para médicos e enfermeiros da Santa Casa da cidade.

A entrega dos macacões e do recurso restante para compra dos respiradores foi feita pelo diretor executivo da Ajinomoto, Nilo Kumagae, e pelo especialista jurídico da empresa Gunter Martins e acompanhada pelo prefeito Vicente Minguili, pelo secretário municipal de Saúde, Pedro Luiz Pereira, e pela administradora do hospital, Angela Kerche.

Recentemente, a Santa Casa de Pederneiras recebeu nove monitores de sinais vitais por intermédio do Ministério Público do Trabalho (MPT). O hospital também foi contemplado nas últimas semanas com um tomógrafo e três respiradores, equipamentos vitais para pacientes graves com Covid-19. Agora, a unidade possui 14 respiradores.

MÁSCARAS DE ACETATO

Dois sócios de uma empresa de impressões 3D na cidade também se uniram à rede de solidariedade que se formou em razão da pandemia e doaram 40 máscaras de acetato produzidas por eles para que a Secretaria Municipal de Saúde distribua a profissionais da área.

A máscara facial é feita com uma tiara de cabelo que segura a estrutura do acetato e, diferente das máscaras convencionais, os protetores faciais protegem todo o rosto de gotículas e respingos durante o atendimento entre o profissional e o paciente.