Composição 1_1
Composição 1_1

A área turística da Paróquia de São João Batista foi contemplada com iluminação geral da praça, reforma dos coretos e acessibilidade

O Município de Interesse Turístico de Bocaina inaugurou dia 19 de janeiro obras na área turística da Paróquia de São João Batista, que foi contemplada com iluminação geral da praça, reforma dos coretos e acessibilidade.
A obra foi realizada com recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur– SP).
Foram investidos no total, um montante de mais de R$ 618 mil, sendo R$ 615 mil de responsabilidade do estado. O convênio assinado em dezembro de 2021 conta com melhorias na infraestrutura da Área Turística da Paróquia de São João Batista em Bocaina.
A obra consistiu na restauração dos passeios do entorno da praça e estacionamento; execução de piso em ladrilho hidráulico na praça; piso tátil de concreto alerta/direcional em intertravado; iluminação geral da praça; reforma e ampliação dos sanitários; reforma dos coretos e barraca de pastel; acessibilidade; mobiliário e pontos de hidratação.

Bocaina

Bocaina é uma cidade de tradições, mantendo suas características arquitetônicas através de casarões dos áureos tempos do café, alguns até do século 19, preservando seu centro histórico que sempre é um convite à visitação.
Os moradores deste destino sentem-se orgulhosos do rio Jacaré Pepira que corta Bocaina e é muito utilizado para a prática de esportes náuticos e de esporte de aventura, sendo fator de desenvolvimento regional por seu enorme potencial turístico.
O rio é considerado um dos poucos do estado livres de poluição e a recuperação e preservação das matas ciliares faz com que seja uma verdadeira reserva da biodiversidade”, comentou o secretário.
A arte está presente em Bocaina, a exemplo da igreja Matriz de São João Batista, agora com infraestrutura adequada em área turística, depositária de 13 telas sacras do pintor Benedito Calixto de Jesus. Natural de Itanhaém, Calixto pintou as telas de Bocaina em 1924 e 1925, e consta que foram seus últimos trabalhos.
As telas foram recentemente restauradas e estão tombadas pelo Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria de Turismo SP