Slider

Promotor de Justiça Nelson Aparecido Febraio Junior convocou reunião com representantes dos três municípios atendidos pelo hospital – Arquivo/Candeia

Na sexta-feira, 21, representantes do Executivo dos município de Bariri, Boracéia e Itaju iriam se reunir com promotor de Justiça Nelson Aparecido Febraio Junior no Salão do Júri da Comarca de Bariri para buscar acordo em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em Patrimônio Público e Saúde.

Como as verbas destinadas à Santa Casa de Bariri são objeto de aprovação prévia pela Casa Legislativa, também foram notificados vereadores dos municípios para que, tendo interesse, participem da reunião em tela destinada à celebrar termo de compromisso de ajustamento de conduta aos ditames legais.

Operação

O Ministério Público (MP) deflagrou na sexta-feira (14) operação visando apurar eventuais crimes contra administração pública durante o período de intervenção na Santa Casa de Bariri.

Foram cumpridos mandados judiciais expedidos pela 2ª Vara Judicial da Comarca de busca e apreensão em endereços, bem como na própria sede da Santa Casa.

Um dos imóveis alvos da operação foi do médico Patrício do Nascimento, gestor técnico do hospital.

Participaram da ação os promotores de Justiça Gabriela Silva Gonçalves Salvador e Nelson Aparecido Febraio Junior, os delegados Marcílio Fredeciri de Mello e Durval Izar Neto, além de policiais civis e militares.

Inquérito

Recentemente a Promotoria de Justiça instaurou inquérito civil a fim de apurar a regularidade das contratações e a transparência na prestação de contas da Santa Casa de Bariri.

Outro objetivo do procedimento é verificar os gastos específicos relacionados ao combate ao novo coronavírus (Covid-19).