Slider

Izabel, presidente do CMDCA, deu posse a Keila, Gilberto, Cristiane, Gismeire e Deolindo como conselheiros tutelares

Sexta-feira, 10, às 10h, no gabinete do prefeito Francisco Leoni Neto, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Bariri deu posse aos cinco novos conselheiros tutelares.
Foram empossados como titulares Keila Cristina Martins; Gilberto Vieira Camargo; Cristiane da Silva Reis Pultrini; Gismeire Gasparotto Raineri; e Deolindo Scandolera Filho.
Eles foram eleitos para o Conselho Tutelar em pleito realizado no dia 6 de outubro de 2019, na EMef Prefeito Modesto Mason.
Os conselheiros eleitos exercerão o mandato de 10 de janeiro de 2020 a 9 de janeiro de 2024.
Eles passaram por capacitação no dia 6 de dezembro de 2019, sexta-feira, no Centro Educacional, Cultural e de Exposições Mario Fava.

Substituição

Eleito entre os cinco primeiros colocados para o Conselho Tutelar de Bariri, Eduardo de Pauli Galizia não pode assumir a vaga no dia 10 de janeiro. Seu lugar foi ocupado pelo sexto colocado na eleição de 6 de outubro, Deolindo Scandolera Filho, dentro da linha sucessória do conselho.
Recentemente a juíza da 1ª Vara Judicial de Bariri, Betiza Marques Soria Prado, julgou improcedente mandado de segurança ajuizado por Eduardo contra ato da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Bariri, a qual negou a inscrição dele nas etapas posteriores à avaliação psicológica do concurso para conselheiro tutelar.
Eduardo participou dessas fases e ficou em quinto lugar na eleição por conta de decisão liminar do Judiciário.
Com base na decisão judicial, o CMDCA publicou o indeferimento da posse de Eduardo. A situação pode ser revertida caso o candidato impugnado consiga alterar a decisão de primeira instância.