Composição 1_1
Composição 1_1

“Os principais desafios são atender a demanda de vagas em todas as fases e aprimorar ao máximo a qualidade de ensino”

Desde o início de dezembro de 2018, a professora Ana Fabíola Camargo Fanton Rodrigues assumiu a Diretoria de Educação, Cultura e Esporte da Prefeitura de Bariri. Foi a terceira pessoa a chefiar a pasta no ano de 2018. É de longe a maior diretoria dentro da estrutura administrativa do município. Para se ter uma ideia, os três setores juntos – Educação, Cultura e Esporte – abrigam cerca de 590 servidores, quase 60% do quadro atual do funcionalismo municipal, hoje em torno de mil contratados. Em entrevista ao Candeia, Fabíola afirma que o grande desafio da Educação é atender a demanda de vagas em todas as fases e aprimorar ao máximo a qualidade de ensino. Três assuntos são recorrentes na pasta: data da inauguração da creche-escola situada no Jardim Panorama; pagamento das progressões a professores que protocolaram pedidos; e reativação da Banda Marcial de Bariri. Para os três, Fabíola diz que não há definição imediata e que a solução depende de decisões administrativas e de disponibilidade financeira. A diretora ainda comentou as prioridades dos três setores; o Sistema Anglo como vencedor de licitação para fornecimento de apostilas para a rede municipal; e situação das praças esportivas do município. A Diretoria de Educação, Cultura e Esporte é composta por 27 repartições e/ou unidades, incluindo a rede municipal de ensino com seis escolas de educação infantil (emeis); sete escolas de educação fundamental (emefs); e seis creches/escolas.

Candeia – Que planos e/ou projetos a Diretoria de Educação escolheu como prioridades no primeiro semestre de 2019?
Fabíola Rodrigues – A prioridade da administração do prefeito Neto Leoni e secretaria da Educação para o 1º semestre de 2019 será a implantação de um sistema de ensino de qualidade, oferecendo suporte técnico e pedagógico para os educadores conhecerem e explorarem o material. Ainda na área da educação, a diretoria pretende desenvolver o projeto: “Aulas de Plantão” de português e matemática, com o objetivo de aprimorar cada vez mais as habilidades de leitura e de raciocínio matemático, potencializando – as, conforme as necessidades individuais dos alunos.

Candeia – E para os setores de Cultura e Esporte?
Fabíola Rodrigues – Para a cultura, como fazemos parte do Sistema Nacional de Cultura, uma iniciativa do governo federal, estamos elaborando o Plano Municipal de Cultura, o qual será apresentado até maio de 2019. Além das atividades dessa programação, brevemente será lançada a data para inscrições de projetos para participar do Edital ProAC Municípios “Bariri, a criativa do Vale Tietê”, o qual contemplará 21 projetos. Outros projetos já possuem calendário de atrações, que é o caso dos pontos MIS (parceria do Município com o Museu de Imagem e do Som); também já entramos em contato com o Circuito Cultural Paulista e o Mapa Cultural Paulista. Já no Esporte, há um planejamento de resgatar algumas modalidades esportivas esquecidas com o tempo, por exemplo, vôlei adulto, tanto masculino quanto feminino. Também priorizaremos a volta do xadrez e da natação, a qual já iniciou em janeiro. Este ano Bariri participará dos “Jogos da Juventude”, nos quais disputam times de basquete, vôlei, futsal e futebol.

Candeia – Quais os principais desafios que a senhora aponta na gestão da rede municipal de ensino de Bariri, hoje a maior do município?
Fabíola Rodrigues – Os desafios fazem parte do crescimento humano e social, por isso são bem vindos, porém, reconheço que é preciso conhece-los e desenvolver as melhores ferramentas para superá-los. Na educação, sobretudo, os desafios advém de questões mais complexas que as educacionais, muitas vezes o que mais compromete o ensino está relacionado a problemas sociais e/ou socioeconômicos. Por isso, interferir nesses campos é uma tarefa intensa, que exige parcerias, as quais são realizadas com os demais setores públicos. Assim, cabe à educação concentrar – se nas áreas em que há mais autonomia e impacto de sua atuação, o que considero ser hoje atendimento à demanda de vaga. Vale lembrar que as demais esferas da educação básica, são atendidas em sua totalidade, tanto no que diz respeito à quantidade e qualidade, sendo essa última o motivo pelo qual insistimos diariamente no investimento de formação continuada de educação, aquisição de material muito bem elaborado, oferta de recursos tecnológicos e materiais para o desenvolvimento das práticas pedagógicas nas unidades escolares. Em síntese, os principais desafios são atendera demanda de vagas em todas as fases e aprimorar ao máximo a qualidade de ensino.

Candeia – O esporte é importante ferramenta de inclusão social, mas carece de maior dinamização em Bariri. Há planos de recuperação e/ou revitalização das principais praças esportivas do município?
Fabíola Rodrigues – Sim, o principal plano de recuperação está focado no Estádio Municipal, preocupando – se com os bebedouros, vestiários e arquibancadas com o intuito de aprimorar a estrutura do estádio para reviver os campeonatos de antigamente. Já em relação aos outros espaços esportivos, há planos de manutenção e melhoria, uma vez que já se encontram em condições adequadas de uso.

Candeia – O Sistema Anglo foi o vencedor de licitação para fornecimento de apostilas para a rede municipal de Educação. Que ganhos a senhora acredita que haverá em Bariri com esse sistema de apostilas?
Fabíola Rodrigues – Em Bariri, há anos a comunidade escolar beneficia -se com o uso de material apostilado, que foi implementado desde a primeira gestão do prefeito Neto Leoni. Todos os anteriores foram de grande importância na construção da qualidade de ensino que temos hoje, porém, não mais importante que o excelente empenho dos profissionais da educação de Bariri. Caso seja o material Anglo o vencedor, será um momento fundamental para aprofundar ainda mais o conhecimento dos alunos, assegurando um leque maior de informação e reflexão aos educadores. Não se pode questionar a qualidade do material, uma vez que o mesmo é utilizado pelas melhores escolas do Brasil. Dessa forma, o município será contemplado com o que há de melhor no quesito material didático e nossos alunos terão a oportunidade de desenvolver com mais amplitude as suas capacidades, pois reconhecemos que tanto os alunos, como os professores, são merecedores dessa escolha.

Candeia – Há previsão para inauguração da creche-escola situada no Jardim Panorama? Quando a unidade estará funcionando e quantos alunos irá receber?
Fabíola Rodrigues – A creche-escola situada no Jardim Panorama ainda não tem data definida para inauguração, pois existe a necessidade de realização de concurso para os auxiliares de desenvolvimento infantil. Sendo assim, as expectativas são em breves, pois a obra está quase finalizada.

Candeia – Uma questão que vem se arrastando há meses diz respeito ao pagamento das progressões a professores que protocolaram pedidos. Como está essa situação? A prefeitura pretende pagar as progressões? De que forma?
Fabíola Rodrigues – A lei nº: 4.111 de 20 de dezembro de 2011, que dispõe sobre o plano de carreira do magistério, o qual define os princípios básicos do sistema municipal de ensino, demonstra a valorização do profissional da área da educação e está em consonância com as exigências da meta 18 do Plano Nacional de Educação. Essa valorização é um dos pilares da qualidade de ensino. Para atender as exigências da lei e as possibilidades do setor financeiro, estamos realizando discussões com os educadores para estabelecer as melhores soluções.

Candeia – Outro assunto recorrente em sua pasta é a reativação da Banda Marcial de Bariri e/ou corpo coreográfico. Como está essa questão?
Fabíola Rodrigues – A Banda Marcial de Bariri e/ou corpo coreográfico estão em processo de revitalização e sua reativação está sendo planejada, o que será muito significativo para Bariri pelo que representa ao nosso município.

Diretoria de Educação, Cultura e Esportes

• Setor de Cultura

• Setor de Esporte e Lazer

• Unidade – Centro de Lazer do Trabalhador José Arruda Carneiro (Arrudão)

• Unidade – Quadra Poliesportiva João Hermenegildo de Castro (Filengão)

• Estádio Municipal Farid Jorge Resegue (Faridão)

• Conjunto Sócio Esportivo Claudinei Assad (Praça da Juventude)

• Unidade Biblioteca Municipal

• Emei 1 Profª Laura de Almeida K. Belluzzo

• Emei 2 Prof.ª Diolanda Chuffi Neif

• Emei 3 Prof.ª Yolanda Mazza Fortunato

• Emei 4 Prof.ª Yone Belluzzo Foloni

• Emei 5 Prof.ª Djanira Monteiro Moço

• Emei 6 Prof.ª Mirna Aparecida Marino Fischer

• Emef Prof.ª Julieta Rago Foloni

• Emef Prof. Euclydes Moreira da Silva

• Emef Prof.ª Rosa Benatti

• Emef Prof. Eurico Acçolini

• Emef Profª Joseane Bianco

• Emef Prefeito Modesto Masson

• Emef Profª Angela Maria Prearo Fortunato

• Creche Rachel de Queiroz

• Creche Maria Eugênia Borsette Masson – D. Mariquinha Masson

• Creche Marina Budin

• Creche Carmen Sola Modolin Aquilante

• Creche Profª Leonor Mauad Carreira

• Creche Profª Leonor Mauad Carreira – Extensão/Segundo Turno

• Centro Educacional, Cultural e de Exposições Mario Fava
Setor de Cultura