posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Segundo Cristiane, para obter o credenciamento, as empresas devem mostrar interesse, uma vez que a adesão ao Sisbi é voluntária – Divulgação

A Prefeitura de Bariri iniciou o processo de adequação do Sistema de Inspeção Municipal (SIM) para que as empresas locais possam aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos Animais (Sisbi). A Diretoria de Desenvolvimento Econômico é responsável pela implantação do sistema em Bariri.

Segundo a diretora do setor, Cristiane de Sousa Mogioni, até o momento oito empresas locais estão credenciadas junto ao Sim e já podem optar pelo Sisbi para comercializar seus produtos em todo o território nacional.

O processo incide sobre empresas que produzem e comercializam produtos de origem animal – como queijos, salames, ovos e mel.

Para o credenciamento, as empresas devem mostrar interesse, uma vez que a adesão ao Sisbi é voluntária. “As empresas podem optar por ficarem no SIM ou migrarem para o Sisbi”, ressalta a diretora.

Segundo Cristiane, além de vender os produtos em todo o território nacional, há outras vantagens na adesão ao sistema, como terceirização de produção, venda em grandes redes e melhor padronização de produção.

De acordo com a diretora, na região de Bauru, o município foi pioneiro em relação à implantação do selo fiscal. “No Estado de São Paulo somente cinco cidades contam com o selo Sisbi”, ressalta.

Para tanto, segundo Cristiane, a prefeitura vem promovendo ações de adequação e reestruturação do SIM, além do apoio, orientação e assistência aos produtores. “A administração municipal está atenta às oportunidades que eventualmente possam surgir para beneficiar, expandir, aprimorar e desenvolver o cenário econômico e industrial da cidade”, acrescenta a diretora.

Município avalia a qualidade dos produtos

 

De acordo com o Ministério da Agricultura, que criou a certificação em 2006, município e estados que aderem ao Sisbi garantem às agroindústrias interessadas a autorização para venderem seus produtos de origem animal – como queijos, salames, ovos e mel – para todo o País.

Segundo o ministério, a adesão beneficia principalmente os pequenos estabelecimentos, que muitas vezes têm dificuldade em cumprir todos os requisitos burocráticos e técnicos exigidos pelo Sistema de Inspeção Federal (SIF).

O Sisbi padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Uma das vantagens de Bariri é que o município já conta com médico veterinário responsável pelo SIM.

Para efetivar a adesão, é necessário comprovar que municípios ou Estados têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura.

Os estabelecimentos registrados nesses serviços estaduais e municipais que integrem o Sisbi podem comercializar seus produtos em todo o território nacional, nas mesmas condições de estabelecimentos registrados no SIF, com exceção de exportação.