Composição 1_1
Composição 1_1

O prefeito anunciou que as repartições públicas municipais vão fechar (mantendo atendimento emergencial na Saúde) segunda-feira, 25, devido à antecipação de feriado estadual – Arquivo/Candeia

Por solicitação do governo do Estado, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou projeto de lei que antecipa o feriado de 9 de julho (Revolução Constitucionalista 32) para segunda-feira (25), com o objetivo de aumentar o isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.

Pouco antes do fechamento dessa edição do Candeia, setores municipais (comércio e serviços) esperavam decisão local para definir sobre funcionamento. No meio da manhã, o prefeito Fancisco Leoni Neto (PSDB) anunciou que as repartições públicas municipais vão fechar (mantendo atendimento emergencial na Saúde) segunda-feira, 25, devido à antecipação de feriado estadual.

Alguns setores do comércio (supermercados, farmácias, postos de combustíveis, padaria, quitanda e açougue) devem funcionar nos moldes da pandemia, com aval da prefeitura. Os demais vão permanecer fechados.

Na capital paulista, as agências bancárias funcionaram em horário reduzido das 10h às 14h, nos dias 20 e 21. Segundo a Febraban, decisão é para assegurar a continuidade do pagamento do auxílio emergencial e outros serviços. Em relação ao dia 25, em todo o Estado, não havia decisão definitiva até o fechamento da edição.

A empresa Mazzo & Giacon que realiza a coleta de lixo doméstico em Bariri optou por manter o serviço segunda-feira, 25, mesmo sendo feriado antecipado. A preocupação é com o acúmulo de lixo resultante do final de semana.