Composição 1_1
Composição 1_1

 

O município de Bariri tem em circulação 27.600 veículos, a maioria deles automóveis (14.589), seguidos de motocicletas (5.212). Os dados são da Secretaria Nacional de Trânsito e são referentes a março deste ano.

Antes, havia poucos veículos nas residências e pelas ruas do município. A presença cada vez maior das mulheres no mercado de trabalho, a necessidade de deslocamento mais rápido, o aumento da concorrência no setor automobilístico e as condições mais facilitadas de financiamento são fatores que impulsionaras as vendas nos últimos anos.

O fato é que, para uma malha viária que não cresce na mesma proporção, é preciso atenção redobrada e boa dose de paciência para transitar pelas ruas do município, em especial na área central.

Daí a necessidade de intervenções constantes, como adoção de ruas de mão única, proibição de estacionamento num dos lados da via, abertura de vagas exclusivas para motociclistas, entre outras medidas.

Infelizmente, há casos diários de falta de respeito às leis e ao próximo de todas as partes: motoristas; motociclistas; ciclistas; e pedestres.

Bloqueio de trânsito

Vale informar que neste mês ocorre o Maio Amarelo, movimento criado com a finalidade de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito de todo o mundo.

No Brasil, as campanhas do Maio Amarelo iniciaram em 2014 e unem o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil no propósito de discutir e criar estratégias voltadas à segurança viária e a construção de vias e espaços mais seguros e ambientalmente sustentáveis.

Em Bariri, a Polícia Militar (PM) realizou neste mês três operações de bloqueio de trânsito com foco no Maio Amarelo.

Elas ocorreram no dia 8 na Avenida Perimetral Prefeito Domingos Antônio Fortunato (Expressa Sul) e nos dias 9 e 15 na Avenida 15 de Novembro, em frente ao pelotão da PM.

No total, foram fiscalizados 61 veículos, incluindo bicicletas motorizadas. Os policiais aplicaram 24 autos de infração e recolheram sete veículos.